Empossado na sexta-feira como presidente do Salgueiro, André Vaz já trabalha nas mudanças na equipe da escola para 2019. Mestre Marcão foi dispensado. A escola apostou na dupla Guilherme e Gustavo. Carlinhos Coreógrafo segue na agremiação e Viviane Araújo também. Além das mudanças no time, André Vaz quer tocar o trabalho na Cidade do Samba. (Foto: Alex Nunes/Divulgação)

“Nossa maior preocupação neste momento é o barracão que está parado e já começaremos, a partir de segunda-feira, a organizar as coisas. Em relação à equipe, sempre dissemos que iríamos reavaliar os contratos feitos após o dia 06 de maio, as pessoas que estão chegando virão para somar. Há profissionais, no entanto, que tomaram posições políticas que, talvez, prefiram não continuar e isto, temos que respeitar. O Salgueiro sempre estará de portas abertas e eu, disposto a conversar”, disse.

André Vaz frisou que vai tocar a programação para o desfile de 2019 e renegociar possíveis dívidas.

“Temos praticamente dois meses para organizar o nosso desfile e o objetivo único da equipe será fazer um Carnaval competitivo. Vamos sentar com fornecedores, organizar as dívidas e trabalhar muito e, se alguém tiver rusgas é a hora de esquecer e pensar na escola. O Salgueiro voltou a ser do salgueirense”, completou.

Comentários