A Grande Rio vive um momento cheio de glórias. A escola de Duque de Caxias, vice-campeã do Grupo Especial em 2020, conquista mais e mais sambistas, inclusive, fora da Baixada Fluminense, com seu trabalho de resgate e respeito aos fundamentos de uma escola de samba. Na noite desta quinta-feira, na Live do CARNAVALESCO, no Camarote do King, na Sapucaí, a tricolor chegou a ficar nos assuntos mais comentados do Rio de Janeiro no Twitter. * VEJA AQUI O VÍDEO DA LIVE NA ÍNTEGRA

O encontro contou também com as presenças da Viradouro e da União da Ilha. Todos os integrantes e a equipe da live passaram pela cabine higienizadora e mediram a temperatura com a Bonanza Soluções Ambientais. Foram arrecadas alimentos, em prol do Ritmo Solidário, que vão ser distribuídos para todas três comunidades envolvidas. A direção da Grande Rio doou R$ 6 mil reais. Em breve, o site fará a matéria da entrega dos alimentos e cestas.

Evandro Malandro, o casal Daniel e Taciana, mestre Fafá e seus ritmistas, passistas, e, o diretor Thiago Monteiro, com o apoio da harmonia da Grande Rio, apresentaram em uma hora e 30 de minutos uma verdadeira aula em formato de espetáculo produzida por uma escola de samba.

“Estou radiante, muito feliz por ter representado tão bem a nossa escola. Fiquei feliz em saber pelas mensagens que todo mundo gostou muito. Fico muito feliz, principalmente, com o desempenho do nosso carro de som, junto com a nossa bateria. Deu pra matar um pouquinho da saudade da Sapucaí, do dia do desfile que foi muito legal. Vi que teve muita gente colocando axé lá nos comentários da live, fiquei muito feliz mesmo. Esse é o mínimo que o artista pode levar de entretenimento para o público que está em casa”, disse o intérprete Evandro Malandro.

Thiago Monteiro, diretor de carnaval da Grande Rio, também falou sobre a participação da escola na live.

“Achei maravilhoso a escola ter essa oportunidade de se apresentar. É muito bom levar um pouco de alegria nesse momento pra baixo, de tristeza, em que temos muitas famílias enlutadas. Participar desses momentos de oásis no meio desse deserto é muito gratificante, nos orgulha bastante. Além disso, tem a parte da doação. É você se dispor um pouquinho, se despojar pra multiplicar. É maravilhosa essa iniciativa e outras tantas semelhantes, o carnaval mostra o quanto é sério, o quanto é unido, nesses momentos, pra nós é uma alegria muito grande”.

Com um trabalho de excelência na bateria da Grande Rio, mestre Fafá elogiou a iniciativa da live reunindo três escolas de samba.

“Pra mim foi muito legal, porque há muito tempo não encontrava minha diretoria. Tinha tempo que a gente não se via, a gente estava com saudades de tocar junto. Eles, graças a Deus, estão respeitando a quarentena, fico muito feliz com isso. Foi muito importante a participação. A gente se sentiu muito honrado ainda mais por estar junto com a Viradouro, a atual campeã, e a Ilha que tem inúmeros sambas históricos. Me senti muito feliz em poder estar aqui hoje dando um pouco de alegria ao povo de Caxias que vinha pedindo pra gente fazer uma live. Como o site CARNAVALESCO é um parceiro nosso, a gente decidiu aceitar esse convite, espero que todo mundo tenha gostado e curtido nosso som”.

O casal Daniel Werneck e Taciana Couto, nota 50 em 2020, ressaltou o momento de voltar a dançar na Marquês de Sapucaí.

“É uma forma da gente estar próximo das pessoas, bastante tempo que não via a galera da casa. Estava morrendo de saudades de dançar. Essa pandemia chegou e dificultou essa contato, até com o mestre-sala, tudo tem que ser online. Hoje poder ter esse contato foi muito gratificante, muito prazeroso, vocês me deram essa oportunidade, estou muito feliz. Estava comentando com o pessoal aqui, a gente dançou bem pertinho da Sapucaí. Olhar pra Marquês e lembrar de ter passado ali tão recentemente e ter visto a escola do jeito que passou, com a energia surreal que foi… Hoje o coração deu aquela aceleradinha e a saudade está cada vez maior, mas deu pra gente matar um pouquinho dessa saudade, mesmo daqui de cima”, disse Taciana.

“Pra gente é sempre gratificante participar desses eventos ainda mais esse, sendo em prol do carnaval, do samba. De certa forma a gente acaba também matando um pouco dessa saudade que a gente sente. Agora, por conta da pandemia, a gente fica nessa incerteza se vai ter ou não o carnaval. Essa live acaba nos aproximando e fazendo com que a gente mate um pouco dessa saudade”, completou o mestre-sala.

A Live do CARNAVALESCO, no Camarote do King, teve patrocínio do Grupo Landim, Cachaça Cabaré, Guaracamp, e Rei do Bacalhau. Com o apoio da Bonanza Soluções Ambientais, Espumante Bonevi, Água OH – Alcalina e Isotônica, Sorvetes Frobel, Produtos Paraibinha, Grupo Best Segurança, Gráfica Estação Digital, Pipocas Palomithas e Parole Comunicação e Eventos.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui