O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, revelou na manhã desta quarta-feira, em entrevista para GloboNews, que os desfiles das escolas de samba do Grupo Especial e Série Ouro, no Sambódromo da Marquês de Sapucaí, devem pedir comprovante vacinal e testagem do público e desfilantes.

Foto: Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

“Ainda não tem isso totalmente definido (…), a ideia básica é exigir passaporte de vacinação e disponibilizar testagem nas 48 horas que antecedam o desfile de determinada escola, pro público e para aqueles que estão desfilando”, disse em entrevista à GloboNews.

Paes completou sobre a exigência da vacinação. “Se você é do Rio e quer desfilar na sua escola de samba ou quer ir assistir o carnaval, você tem que estar vacinado. Se você é de outro lugar do Brasil, nós queremos receber você no Rio de Janeiro e será muito bem-vindo, mas se estiver vacinado. Se não estiver vacinado não vai conseguir nem se hospedar na cidade do Rio de Janeiro”.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.