Após decidir pelo cancelamento dos desfiles em julho de 2021 o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, revelou que nos próximos dias será divulgado um edital para ajuda financeira para os profissionais envolvidos na cadeia produtiva do carnaval. Ao falar da decisão, o prefeito disse que foi feita com tristeza.

“A pandemia não vai estar resolvida até julho. Isto está claro, mas vamos ter mais gente vacinada. E isso (carnaval) exige uma preparação que é impossível de ser feita. Eu não vi sequer preparação das escolas, daqueles que ajudam a festa a se mobilizar. Foi uma decisão feita com tristeza. Acabei me tornando o primeiro prefeito do Rio que declara que não haverá carnaval. Logo eu!”, disse o prefeito, em declaração citada na última sexta-feira, durante coletiva sobre a pandemia da Covid-19 no Rio de Janeiro.

Eduardo Paes em um ato da campanha eleitoral com as escolas de samba em novembro de 2020. Foto: Henrique Matos

Eduardo Paes falou sobre a ideia de ajudar financeiramente os profissionais atingidos pelo cancelamento do carnaval no ano de 2021.

“Já determinei que a Riotur e a secretaria municipal de cultura trabalhem na preparação de editais a fim de permitir que os fazedores dessa grande festa e celebração cultural tenham alguma forma de sustento ao longo de 2021”.

Comentários