Por Juliana Cardoso

Novamente no Grupo Especial, a Viradouro surpreendeu a Marquês de Sapucaí em 2019. Falando sobre as grandes histórias de um livro mágico com seres extraordinários, a agremiação inovou em suas alegorias e fantasias, todas assinadas pelo carnavalesco Paulo Barros. O casal de mestre-sala e porta-bandeira da Vermelha e Branca, Julinho Nascimento e Rute Alves, executou uma bela apresentação, bailado que rendeu aos dois os 40 pontos dos jurados.

Retratando o amor entre príncipe e princesa na Avenida, eles se dizem muito honrados em representar o pavilhão da escola de Niterói e radiantes pelo julgamento que receberam.

“Parece que foi a primeira vez que recebemos notas tão altas. Cada ano é uma história e um aprendizado diferentes. Poder estar na Viradouro no momento que a escola vive é maravilhoso. A gente trabalhou muito para isso. No dia, choveu bastante, mas em momento algum tivemos medo. Confiamos muito um no outro e na estrutura que a escola nos deu”, disse Julinho.

“Na apuração, senti o mesmo que qualquer casal que trabalha muito. Hoje, não existe um que não se dedique. Então, quando a gente ouve a quarta nota dez, é de uma alegria tremenda. Até agora a minha ficha não caiu. É um sentimento maravilhoso saber que você ajudou na pontuação final da escola. Cada vez que eu entrava nos módulos, eu só lembrava dos meus presidentes e fiz tudo para eles. O que eles fizeram pela gente não se paga”, Rute completou.

Os dois, que estão juntos há anos, afirmam que o vice-campeonato da Viradouro foi um feito, do qual eles estão muito felizes em fazer parte.

“Respeito muito a Mangueira, mas a minha escola entrou nesse carnaval para ser campeã”, disse Rute.

A participação do casal na escola em 2020 é certa e, segundo Julinho, eles já estão pensando no que podem melhorar e aperfeiçoar para o próximo carnaval.

“Rute e eu prezamos muito pela mudança, tem que ser assim. Sempre há algo novo para buscar”, afirmou.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui