Paulo Barros celebra desfile, prêmios e o segundo lugar da Viradouro

4820

‘Gratidão’. Foi essa a palavra que o carnavalesco da Unidos do Viradouro, Paulo Barros, usou para definir o que está sentindo no momento. No desfile das campeãs, no último sábado, o responsável pelo enredo da vermelha e branca de Niterói passou pela Avenida no carro da fênix, segurando uma faixa em agradecimento a toda a comunidade e aqueles que contribuíram para o projeto de mais um carnaval se tornar realidade. Dessa vez, o artista não alcançou o campeonato, mas conseguiu um feito inédito, fazer a escola que acabara de vir do Acesso, ficar em segundo lugar. (Fotos: Henrique Matos)

“A gente fez um desfile pra disputar título e teve a honra de ficar em segundo lugar. E é uma disputa, a disputa está aí pra isso. Essas notas vão ser avaliadas, tenho certeza que de repente cometemos alguns erros, sim, que só serão avaliados depois que recebermos as justificativas, mas o importante é que o dever foi cumprido”, analisa o carnavalesco que comemora o feito inédito.

“A Viradouro volta para o Grupo Especial e até certo ponto consegue um fato inédito: uma escola que subiu, apesar de ser Viradouro – porque ser Viradouro já é um fato que ajuda muito. É uma escola que tem garra, tem histórico muito forte -, então a possibilidade era bem grande de se manter. Mas chegar em segundo lugar também é inédito para uma escola que subiu ano passado. Estou muito feliz com o resultado, sem reclamação”.

Paulo Barros já renovou o contrato com a agremiação para o Carnaval 2020. Mas por enquanto nada de trabalho. Vai descansar um pouco, relaxar pra depois buscar inspiração para o próximo projeto.

“Não, minha cabeça não está em 2020, está aqui, agora! (risos). Vou dar uma descansada, vou fazer uma reflexão, colocar a cabeça pra funcionar e aí, sim, mais tarde a gente pensa numa possibilidade de enredo”, confessou o artista que comentou sobre as premiações deste ano.

O desfile da Viradouro foi mágico, o conjunto de alegorias e fantasias ganhou elogios da crítica especializada e do público, o feito rendeu à Paulo Barros uma série de prêmios; ele ganhou ESTRELA DO CARNAVAL de Melhor Carnavalesco e o de Melhor Conjunto de Alegorias.

“Fico feliz de ter ganhado esses prêmios”, comemorou o artista que enfatizou ainda a importância de ter um bom time para fazer carnaval.

“Equipe é muito importante para ganhar o carnaval, é fundamental porque ninguém faz nada sozinho. A gente conta com todo um processo de criação que está baseado em uma equipe e, se alguém deixar de fazer alguma coisa, obviamente alguma algo vai dar errado. É claro que a gente procura fazer pra que não dê, mas trabalhar com ser humano é sempre complicado. Mas sou meio caxias, meio chato e procuro ficar no pé deles”, brincou o carnavalesco que soma quatro campeonatos em escolas do Grupo Especial (Tijuca: 2010, 2012 e 2014 e Portela, 2017).

Comentários