O site CARNAVALESCO ouviu personalidades do carnaval carioca sobre a nova pista de desfiles e a iluminação cênica para o Carnaval 2022.

Foto: Beth Santos/Prefeitura do Rio

Selminha Sorriso, porta-bandeira da Beija-Flor
“Vai refletir muito no nosso bailado pois a pista estava desnivelada, realmente nós tínhamos problemas técnicos algumas vezes. Até mesmo na cabine julgadora. O Claudinho teve uma queda, não lembro em que ano, justamente pela pista estar irregular e desnivelada. Hoje, sabendo que a pista foi aprovada por todos nós sambistas que testamos aqui, a pintura, eu testei a nivelação. É um ganho, uma grande vitória recomeçar com essa pista linda, com essa iluminação de primeiro mundo”.

Alexandre Couto, diretor de carnaval do Salgueiro
“A iluminação, ela já diz, é luz. Luz na nossa vida é a melhor coisa, é coisa divina vamos dizer assim, ela vem de Deus. Sensacional esse teste de luz que a Riotur está fazendo, e que vai colocar para gente. E, a gente já começa a pensar no futuro. O que que a gente vai poder fazer no futuro e trabalhar no desfile com essas luzes novas de led, até no trabalho que a gente está vendo aqui de mudança de cor e tudo. Tem uma importância muito grande no nosso carnaval porque quando a gente está renovando é sinal que a gente está melhorando. Cada vez mais a gente pode acreditar que o nosso produto está sendo valorizado e a gente está acreditando. É com muito orgulho que a gente recebe esse trabalho da Riotur, para gente, cada vez mais ser valorizado e a prefeitura que faz um trabalho exemplar na regência do nosso prefeito”.

Squel, porta-bandeira da Mangueira
“Isso aqui é um patrimônio nosso, a gente tem que preservar. Temos que ter orgulho porque aqui é feito o maior espetáculo a céu aberto do mundo. Somos nós que produzimos. Esse espetáculo merece ter uma boa estrutura, e o seu público merece ter uma boa qualidade para assistir aos desfiles, para poder chegar aqui, as escolas terem um espaço decente, adequado para desenvolver o seu trabalho e mostrarem um grande carnaval. Já diz na constituição, é dever promover a cultura. E, está sendo feito isso. Que bom que está sendo feito, que bom que está sendo visto e respeitado”.

Daniel, mestre-sala da Grande Rio
“É muito bacana isso que a gente está vendo aqui. E como estamos há dois anos sem carnaval, e agora retornando, a gente tendo a confirmação de que realmente vamos ter, a gente ver as frisas montadas, isso para gente traz uma tranquilidade, um afago. E, eu gostei também dessa iluminação, acho que vai fazer toda uma diferença para gente no desfile”.

Taciana, porta-bandeira da Grande Rio
“É um carinho com os casais, bastante, também vai diminuir o ritmo de quedas, de lesões, e também toda a iluminação que colocaram acho que vai ser o diferencial para o próximo carnaval”.

Junior Escafura, membro da comissão de carnaval da Portela
“A importância é muito grande, eu acho que agora os carnavalescos vão ter a oportunidade de trabalhar melhor partes de luz na Avenida, e, graças a Deus, a Portela tem Renato Lage que é um craque em iluminação”.

Dandara, porta-bandeira do Tuiuti
“Para gente é muito importante um piso adequado para gente poder dançar, com menos ondulações, com menos buracos para gente. Eu acho que é uma das melhores boas-vindas para o próximo desfile”.

Dudu Azevedo, diretor de carnaval da Beija-Flor
“Há muito tempo os artistas, nossos carnavalescos, artistas que fazem essa plástica maravilhosa multicolorida das escolas de samba, clamam por uma iluminação que não seja só aquele branco que reluz na nossa pista. Então, uma iluminação que a gente pode fazer um contraste, fazer uma penumbra, fazer uma cor diferenciada para aquele momento do espetáculo, só tem a engrandecer essa ópera ao ar livre que passa aqui na Marquês de Sapucaí”.

Diogo, mestre-sala da Mocidade
“A princípio, graças a Deus, está uma pista deliciosa, ainda mais pelo horário, que começa os desfiles. Para a gente é muito importante ter uma pista menos escorregadia, com a pintura ok. Para a gente é muito importante tudo isso, dá mais segurança, não é somente uma questão de brilho para Sapucaí, é a nossa segurança também. E, agradecer à Liesa por esse carinho, por essa preocupação com a gente”.

Bruna, porta-bandeira da Mocidade
“Agora vamos só ver, esperar o tempo, porque assim como o Diogo falou, está maravilhoso, a pista está ‘alinhadinha’, está maravilhosa. Agora vamos ver com chuva, se vai funcionar, mas creio que vai funcionar sim porque eles pensaram muito bem na pintura, teve teste da tinta também, nós estávamos aqui presente, então acredito que vai dar tudo certo”.

Thiaguinho, mestre-sala da Imperatriz
“Eu estou gostando, cara, eu fico feliz que a prefeitura olhou com mais atenção para os detalhes do nosso espetáculo. Porque quem olha de fora acha isso tudo lindo, agora pisa na Sapucaí, vê se o chão está adequado para você dançar, vê se a iluminação está adequada para que os julgadores possam enxergar detalhes dessa fantasia. Hoje sim, a gente pode falar que a Sapucaí está preparada para um grande espetáculo”.

Comentários