Os presidentes das escolas de samba do Grupo Especial de São Paulo estiveram reunidos, na tarde deste sábado, na sede da Liga-SP, e, decidiram que a Pérola Negra será julgada nos nove quesitos no Carnaval 2020. A escola sofreu com a tempestade do dia 10 de fevereiro na cidade. Dentro do julgamento, os presidentes decidiram:

– No quesito fantasia, será feita uma indicação na pasta de referência dos jurados sobre quais alas sofreram algum tipo de danificação por conta da enchente que afetou o barracão da escola na última semana;

– Seguindo o manual de avaliação, os julgadores não considerarão sujidades nas fantasias indicadas;

– As demais fantasias que não forem indicadas serão julgadas normalmente;

– Fica decidido também que, em caso de empate na apuração, o quesito fantasia não fará parte do primeiro critério de desempate que é a somatória de todas as notas, inclusive, as descartadas.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui