Integrantes do Ministério Público do Rio de Janeiro e da Polícia Civil realizaram uma operação de de busca e apreensão na quadra e barracão da Grande Rio. Os alvos são o presidente de honra, Jayder Soares, seu filho Yuri, e o sobrinho Leandro Soares.

Foram cumpridos também o bloqueio e o sequestro de bens dos investigados no valor de R$ 20 milhões. A operação recebeu o nome de Mala Fortuna. A denúncia é de organização criminosa e exploração dos jogos de azar e lavagem de dinheiro.

A assessoria de imprensa da Grande Rio disse à TV Globo que os trabalhos na escola seguem normalmente para o Carnaval 2019.

Comentários