Compositores: Marquinhos de Oswaldo Cruz e Rogerio Lessa
Intérprete: Bico Doce

Oh Baobá
Senhor do tempo, raiz da memória
Hoje sou forte Guerreiro de Oyó
O samba navega nas águas da história

Nanã, Saluba mãe de todos Orixás
Estais, no axé de todos nossos ancestrais
De Paulo BenjamIm de Oliveira
Omulu abençoou
Oswaldo Cruz e Madureira

Laroiê Mojubá
Meu destino entreguei ao mensageiro
Oke Arô Oh meu Pai
Somos seus batuqueiros

Portela respira o samba como um velho baobá
Pilar da arte nas periferias
Supera tormentas de mares e males
Gira a baiana roda o tempo
Que o vento não carregou
São muitos os frutos de todas as cores
Amores de Igi Osé
Arco-iris de Oxumaré

Pequena ou grande África
Quilombos do dia a dia
Jongos, Maculelês
Vou me banhar nessa energia
Resiste e não esquece
Quem no berço se aquece
Meu samba Une Aiyê e Orum
Ora ye ye Ora ye ye ô mamãe Oxum

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui