Com foco no Carnaval 2022, Manoel Francisco dá início aos trabalhos da Comissão de Frente junto aos novos integrantes. Foram mais de 80 inscritos na audição realizada no início do mês, sendo 20 aprovados. O consagrado bailarino, coreógrafo e ator Manoel Francisco possui quase 40 anos de carreira, atualmente é professor/ensaiador do corpo de baile do Teatro Municipal do Rio, um dos mais importantes cargos de direção na casa de espetáculos. O artista chegou à Majestade do Samba no ano passado, mas sua grande estreia será no Carnaval de 2022.

Foto: Divulgação

“Apesar de vir da dança clássica, tenho muita vivência de experimentar no meu próprio corpo outros tipos de coreografia. Mas é um desafio, sim. Tenho estudado muito e fui me cercar de pessoas competentes na dança urbana, na dança africana, que vão me auxiliar naquilo que quero traduzir pra coreografia da comissão de frente. É muito rico, desafiador. vai ser um espetáculo lindo, eu prometo!”, adianta o coreógrafo, que já atuou como professor convidado no Grupo Corpo, Companhia de Dança Deborah Colker, Ballet Jovem do Rio de Janeiro, Ballet de Niterói, Ballet Teatro Guaíra e Escola do Ballet Bolshoi Brasil.

Fora dos palcos mais tradicionais, coreografou e atuou no filme “A Dona da História”, a convite do diretor Daniel Filho. Outros trabalhos de destaque foram ao lado de Marília Pêra nas peças “Doce Deleite” (Teatro dos Quatro) e “A Garota do Biquíni Vermelho” (Sesc Ginástico), em que integrou o elenco, fez assistência de direção, coreografia e preparação de corpo dos atores.

O vice-presidente Fábio Pavão, que acompanhou de perto a audição, comentou sobre as expectativas para o quesito no próximo desfile.

“Comissão de frente é um quesito que a gente sabe que precisa melhorar. A gente precisa aperfeiçoar o que mostrou nos anos anteriores. A gente buscou o Manoel Francisco que é uma pessoa com larga experiência na dança. Todas as etapas que fizemos até aqui tem sido de muito profissionalismo. Ele e a equipe têm demonstrado muita competência. E a gente espera que siga dessa forma até o carnaval para que possamos realizar nosso objetivo, que é alcançar a nota máxima que a Portela não consegue há muito tempo”, frisou o dirigente.

Leonardo Brandão, assistente da Comissão de Carnaval, também acompanhou a audição de perto e falou um pouco do trabalho que será desenvolvido a partir de agora.

“Vou acompanhar a equipe assessorando no que for preciso desde as audições, até os ensaios técnicos, assim a gente pode ver o andamento da escola e junto com a Comissão de Frente acertar o tempo de entrada, de saída e de evolução. Isso é uma coisa que eu gosto muito de fazer, não me sinto pressionado a isso, é um prazer enorme e é uma coisa que está no meu sangue, no meu coração. É uma oportunidade que a Portela está me dando de poder crescer através de todo o processo do carnaval, todo planejamento”, comemora.

No próximo carnaval, a Portela levará para a Avenida o enredo “Igi Osè Baobá”, desenvolvido por Renato Lage e Márcia Lage, que retrata a simbologia e a história dos baobás, a Árvore da Vida.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.