Compositores: Gustavo Albuquerque, Baby do Cavaco, Gabriel Machado, Fabiano Paiva, Pedro Machado, Camilo Jorge e Rafael Caçula

Meu samba traz num vento perfumado,
A candura de um passado com fitinhas no quintal
Quem é você menina do olhar distante,
Da pureza no semblante nessa noite de Natal?
Nas cores desse céu em arrebol
Que tocou corações de toda gente do Ilê
Há uma Estrela cujo brilho encantado
Tem o dom de transformar com a força do seu Orixá

Saravá, minha mãe, menina!
Quanto tempo o tempo tem?
Me ensina!
A sua voz tem poder, é manifesto de fé
Ganhou o mundo com a coroa de Odé

Quem irá dizer que o sangue retinto que corre nas veias
Não traz a mesma dor de quem tanto chorou à luz das candeias?
Ah! O seu legado que é de paz hoje é muito mais!
Na consciência de que todos são iguais,
No sincretismo que mistura tantos ais
Vi São Gonçalo com pedrinhas de Orum
Sem crianças afastadas pela cor
Poemas descalços que abrem caminhos
Atrás da flecha de Oxóssi caçador

Tem lavanda, alecrim pra jogar água de cheiro
Axoxó, amendoim no alguidar
Meu Porto da Pedra, sacode o seu xequerê
Vai ter xirê pra mãe Stella KaiodêPorto

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui