Foram mais de nove horas de muito samba na quadra da Imperatriz Leopoldinense em Ramos. A décima quarta edição do prêmio Estrela do Carnaval oferecido pelo site CARNAVALESCO foi comemorada com uma feijoada e show da Rainha de Ramos que sediou o evento, do Império Serrano (campeã da Série Ouro) e das escolas que receberam premiações nas diversas categorias do Grupo Especial. O evento teve abertura da roda de samba do mestre Lolo. Milton Cunha foi o mestre de cerimônia do evento e teve a missão de anunciar os vitoriosos. * VEJA AQUI FOTOS DA FESTA

Fotos: Allan Duffes, Henrique Matos e Nelson Malfacini

O editor chefe e dono do site CARNAVALESCO, Alberto João, idealizador do prêmio, foi o primeiro a discursar e lembrou dos 15 anos do site que serão completados em setembro, agradeceu a Imperatriz e destacou o resultado da Grande Rio.

“Dia primeiro de setembro vamos comemorar 15 anos de vida, de muita luta, de muito amor ao carnaval, de muito trabalho jornalístico. Já passamos por diversas quadras no Estrela do Carnaval. Esse ano nós tivemos um recorde, a Grande Rio, atual campeã do carnaval, ganhou sete categorias. Muito me honra e muito honra a equipe do site CARNAVALESCO estar aqui na Imperatriz nessa administração da presidente Cátia, como eles mudaram a Imperatriz. A Imperatriz, para o site CARNAVALESCO, era quarto lugar em 2022, colocação muito injusta, trabalho muito bem feito. Parabéns a presidente Cátia e a comunidade pois vocês estão movimentando o carnaval o ano inteiro, fazendo aquilo que a gente sempre sonhou”, afirmou Alberto João.

Anfitriã da festa, a presidente Catia Drumond destacou não ser de falar muito, discursou para sua comunidade e autoridades destacando o trabalho desenvolvido na escola e finalizou parabenizando o trabalho do site CARNAVALESCO.

“Eu não sou muito de falar, eu trabalho mais e falo pouco. Queria agradecer a todos os componentes, toda a minha diretoria que acreditou no meu primeiro ano de trabalho à frente da escola. Eu tenho certeza que nós apresentamos o nosso melhor e infelizmente não fomos bem julgados, corri atrás e acho que hoje eu tenho uma das melhores equipes do carnaval de 2023. E obrigado Alberto, a minha quadra estará sempre aberta independente de premiação ou não, a gente precisa fazer mais e muito mais pelo carnaval”, ressaltou a dirigente.

O diretor executivo da Imperatriz, João Drumond, também destacou a importância do trabalho do site e brincou sobre o fato de a Imperatriz esse ano não ter ganhado em nenhuma categoria do Estrela, deixando também as portas abertas para as próximas edições do prêmio.

“Ano que vem eu quero que o Estrela volte aqui na Imperatriz, e pelo menos um prêmio para a Imperatriz (risos), ‘tô’ brincando. Parabéns pelo trabalho que vocês fazem. Não é fácil fazer jornalismo no Brasil e muito mais difícil fazer jornalismo no carnaval. Então, o que vocês fazem são verdadeiros heróis, uma equipe que trabalha o ano inteiro, que cobre o dia a dia das quadras, disputa de samba. Que vocês continuem, que venham mais 15 anos e que nós possamos estar sempre aqui celebrando o Estrela do Carnaval e o site CARNAVALESCO“.

A festa de premiação contou com a presença de autoridades da Liesa, Liga-RJ, e prefeitura. O presidente da Riotur, Bruno Mattos, fez questão de frisar a importância do trabalho do site para o carnaval, além de lembrar a relação da prefeitura com os agentes do carnaval.

“Gostaria de parabenizar o João (Alberto) pelo site CARNAVALESCO, pelo trabalho que desempenha, porque quem quer saber de carnaval e entender é só ir no site CARNAVALESCO que vai estar atualizado. Em nome da Riotur, da prefeitura da cidade do Rio de Janeiro e do nosso prefeito Eduardo Paes, um dos maiores apaixonados por essa festa, esse ano fizemos grandes melhorias em parceria com a Liesa, ao qual também formamos uma grande família. Temos muito que melhorar ainda na estrutura, mas fazendo a parte com a Liga e as escolas de samba, o poder público através da Riotur vai com certeza melhorar ainda mais”, destacou Bruno.

Também presentes à festa representando a Liesa, o diretor de carnaval da Liga, Elmo José dos Santos, e o vice-presidente da entidade, Hélio Motta, também destacaram a atuação do site no mundo do samba.

“Eu queria dizer que o nosso Luizinho (Drumond) deve estar com uma grande felicidade lá no céu, batendo no peito, tendo orgulho do trabalho que vocês estão fazendo. Eu quero parabenizar o site CARNAVALESCO, não um agradecimento do Elmo, da diretoria da Liga, não é um agradecimento só das escolas de samba que a Liga representa, mas é um agradecimento daquelas pessoas que cuidam da coxia do teatro. Receba o nosso agradecimento, parabéns a todos os premiados que ganharam com muito merecimento”, parabenizou Elmo.

“Gostaria de agradecer a Cátia por abrir as portas para a premiação do CARNAVALESCO. Hoje é a nossa maior mídia especializada no Brasil do samba, tem conteúdo de altíssima qualidade, tenho certeza que todos aqui entram no CARNAVALESCO para ficar a par de nossa plenária, para saber o que está acontecendo, ele faz uma grande cobertura pré-carnavalesca, faz uma grande cobertura durante e pós o carnaval, quem entra quem sai, as trocas de cadeira. Gostaria de agradecer muito ao Alberto João, e dizer que a Liga reconhece todo o seu trabalho e esforço, esse ano completam quinze anos, é uma debutante e fica aí o nosso carinho e reconhecimento”, afirmou o vice-presidente Hélio Motta.

Grande Rio é a recordista da festa

Campeã do Grupo Especial pela primeira vez em 2022, a Grande Rio foi o ponto alto da festa com apresentação completa da escola. Foram dois ônibus para trazer para Ramos a comunidade de Caxias, demonstrando sua força e apresentando na quadra da Imperatriz o porquê de ter saído vitoriosa desse carnaval e também por ter sido a maior vencedora do prêmio em uma edição, recorde absoluto. Ao todo, a escola ganhou sete premiações: desfile do ano, comissão de frente, samba-enredo, conjunto de alegorias, carnavalescos, originalidade e enredo. Muito feliz, o presidente Milton Perácio não escondia o orgulho pelo trabalho realizado. * VEJA AQUI FOTOS DA FESTA DA GRANDE RIO

“Vocês não imaginam como eu estou feliz esta noite. Receber todos estes prêmios. Agradecer a presidente Catia pela recepção. A Imperatriz é uma escola histórica do Rio de Janeiro e do Brasil. Eu queria agradecer ao site CARNAVALESCO por esses prêmios e agradecer a Grande Rio que fez de tudo para ser campeã. E nós viemos batalhando, correndo atrás, e graças a Deus esse ano nós conseguimos este título. E eu acho que nós temos o carinho de todas as escolas de samba”.

Dupla que já vem fazendo sucesso na escola desde 2020, para Leonardo Bora e Gabriel Haddad, faltava até mãos para segurarem a grande quantidade de prêmios recebidos pelo desfile histórico que ressaltou todas as visões sobre o orixá Exu. Ambos fizeram questão de reconhecer a atuação decisiva da comunidade de Caxias para a vitória.

“Eu queria agradecer a todo mundo, a diretoria da Grande Rio, ao presidente Perácio, aos presidentes de honra, a escola por ter confiado nessa maluquice que nós levamos para a Avenida. Acho que carnaval é isso, é alegria que a gente transmite no enredo, nas alegorias e nas fantasias. Obrigado a todo mundo que ajudou a colocar o carnaval na Avenida, que torceu pela Grande Rio, que torceu pelo nosso samba”, agradeceu o carnavalesco Gabriel Haddad.

“Obrigado ao site CARNAVALESCO pelo carinho, pelo reconhecimento, por esses prêmios e obrigado Grande Rio por ter topado essa empreitada, por ter apostado em dois meninos como nos chamam, apesar das barbas brancas, e reinventando uma linha de narrativas que muito fala de uma memória da Grande Rio e do que é ser sambista, do que é uma escola de samba. Fala-se muito do trabalho dos carnavalescos, mas é um trabalho que envolve centenas de mãos que se dedicam exaustivamente em um dia a dia cansativo de barracão para materializar esses sonhos. Então a gente precisa agradecer a todos os profissionais da Grande Rio, todos os trabalhadores de barracão e no intuito criativo da nossa equipe de criação”, reconheceu Leonardo Bora.

A experiência de Hélio e Beth foram fundamentais para mais uma vez a comissão de frente da Tricolor de Caxias ser um ponto alto e abrir o desfile de forma majestosa. Na premiação, que contou com a participação do Exu da comissão, Demerson D’alvaro, Hélio e Beth fizeram questão de ressaltar a integração com a comunidade de Caxias e de todos os segmentos da escola.

“Gratidão é a palavra que define esse momento que nós estamos vivenciando. Fazer parte desse momento histórico da Grande Rio. Precisamos agradecer primeiramente a Deus pelo trabalho realizado com sucesso e aos nossos presidentes por nos possibilitar desenvolver o nosso trabalho exatamente como nós acreditamos. Ao Gabriel e ao Léo, nossos carnavalescos por esse enredo maravilhoso. Agradecer a minha esposa, minha parceira de todas as horas, minha equipe maravilhosa, ninguém nessa vida faz nada sozinho. E a Grande Rio mereceu esse título porque cada componente da escola entrou querendo ser campeão, isso que definiu e determinou a vitória. E nós queremos dedicar esse título à Comunidade de Caxias que nos abraçou com todo carinho”, colocou Hélio.

“Esse prêmio é de todos os segmentos da escola, como o Hélio disse ninguém faz nada sozinho. E a escola esteve unida como nunca”, finalizou Beth.

Outro premiado foi o pesquisador Vinicius Natal que desenvolveu o premiado enredo sobre Exu em parceria com os carnavalescos Leonardo Bora e Gabriel Haddad. “Eu quero agradecer muito ao CARNAVALESCO por estar fazendo esta premiação. Agradecer ao Gabriel e ao Léo pela acolhida, são parceiros de trabalho de quase 10 anos, a gente dividiu a autoria do enredo, dividimos todo um processo e agora vamos com Zeca Pagodinho, ir para outras narrativas que a gente precisa contar. E falar de Exu nada mais é que falar da nossa vida, nosso cotidiano do samba. Mas a gente nunca pode esquecer que enquanto a gente estava falando do Exu, você tem uma série de terreiros na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, que estão sendo atacados. A gente tem intolerância religiosa que está crescendo bastante, e quando a gente está falando de Exu, a gente está lutando contra isso. A gente está pedindo basta, chega, é isso que a gente está dizendo com o nosso enredo”, discursou Vinícius.

Vila e Tuiuti tem carro de som e bateria premiados no Estrela do Carnaval

 De volta ao comando de uma bateria no Grupo Especial, tendo que esperar dois anos para estrear à frente da bateria SuperSom do Paraíso do Tuiuti, mestre Marcão deu um show na Sapucaí e recebeu o prêmio de melhor bateria das mãos do presidente Renato Thor.

“Para mim é uma honra estar na Paraíso do Tuiuti, eu sei o quanto o presidente lutou para eu estar lá e eu poder estar de volta a Sapucaí. Foi muito bom este ano e pode ter certeza que em 2023 será melhor ainda. Site CARNAVALESCO obrigado mesmo, de coração, e rapaziada da bateria, esse prêmio é de vocês”, desejou o mestre de bateria virando-se para seus ritmistas. * VEJA AQUI FOTOS DA APRESENTAÇÃO DO TUIUTI

Apelidado pelo site CARNAVALESCO de “Mister Final”, pela sua atuação em disputas de samba, Tinga era só sorriso e o trouxe seu maravilhoso carro de som da Vila Isabel para receber o prêmio de melhor intérprete e engrandecer a festa com os antológicos sambas da escola do bairro de Noel. * VEJA AQUI FOTOS DA APRESENTAÇÃO DA VILA ISABEL

“Para mim é uma honra ganhar esse prêmio aqui do CARNAVALESCO que é o site que cobre o nosso carnaval o ano todo, então a gente fica muito feliz de estar recebendo esse prêmio dado pelos verdadeiros sambistas, por aqueles que entendem do samba, e vivem pelo samba”.

A Vila Isabel também ganhou na categoria de melhor ala das baianas. A tia Verinha foi a responsável por receber o prêmio e discursou agradecendo o ex-carnavalesco da escola, Edson Pereira, por ter lhes presenteado com uma linda fantasia.

“Gostaria de agradecer ao carnavalesco Edson Pereira, que não está mais conosco, mas fez essa baiana lindíssima. E agradecer também as pessoas que trabalham na confecção de fantasias, porque o carnaval é um grande teatro aberto, essa é a Sapucaí”, definiu a baluarte.

Mocidade e Tijuca emocionam com a premiações a baluarte e a nova geração

O prêmio Estrela do Carnaval teve a felicidade também de prestar homenagens tanto a quem está começando a construir sua história no carnaval, como a quem já faz parte dele há muito tempo. Tia Nilda da Mocidade, que desfila há 46 anos, venceu como personalidade do carnaval. * VEJA FOTOS DA MOCIDADE NA FESTA

“Eu peço ao meu pai Oxalá, a minha mãe Oyá que dê muita luz a todos nós, muita paz a esse Rio de Janeiro pra gente poder curtir essa fase maravilhosa. Eu não esperava nos meus 80 anos, 46 anos de escola, eu ganhar um prêmio desses. Mas eu não tenho palavras, só posso agradecer. Ao site CARNAVALESCO mais glórias e glórias”.

Já no prêmio revelação, a premiada foi Wic Tavares por sua atuação no carro de som da Unidos da Tijuca ao lado do pai Wantuir, estreando como voz principal no Grupo Especial. Por conta do trabalho, a dupla de intérpretes não pode comparecer à festa, pois estão em Paris. Coube a mãe de Wic, a cantora Rosilene Pereira, receber o prêmio. * VEJA AQUI FOTOS DA APRESENTAÇÃO DA TIJUCA

“Sem palavras, minha filha, agora está voando, cantando samba lá em Paris. Mas, é com muito prazer, com muito orgulho, e muito emocionada que eu venho receber esse prêmio para ela. Gostaria de agradecer a todos vocês, pois sem vocês minha filha não estaria recebendo este prêmio. Erê essa mata é da Wic”.

Mocidade e Unidos da Tijuca também ganharam respectivamente em melhor ala de passistas e melhor harmonia. O responsável pela ala de passistas George Louzada e o diretor de Harmonia da Tijuca, Fernando Costa subiram ao palco representando seus segmentos.

“Gostaria de agradecer ao site CARNAVALESCO por mais esse prêmio, esse ano ganhamos alguns, infelizmente as notas não vieram, mas faz parte, a gente entende. A gente fica aqui na nossa, muito obrigado a todos”, agradeceu Fernando Costa.

“Esse prêmio aqui não é só da ala de passistas da Mocidade. Ele é da associação, esse prêmio é de todas as alas de passistas, de todo mundo que risca o pé. Isso aqui é o reconhecimento de um trabalho árduo, de um trabalho duro. Porque a gente não começa três, quatro anos antes. Nós trabalhamos o ano inteiro e uma ala de passistas ser reconhecida, isso é engrandecer muito o nosso trabalho, mas isso engrandece também a arte do samba no pé, porque nós demoramos muito tempo para sermos reconhecidos enquanto artistas”, afirmou George.

Viradouro leva prêmio em fantasias e casal da Portela dá a volta por cima

Agora sozinho na Viradouro no desenvolvimento do desfile de 2023, o carnavalesco Tarcísio Zanon, que em 2022 fez dupla com Marcus Ferreira, que foi para Mocidade, recebeu o prêmio de melhor conjunto de fantasias. * VEJA FOTOS DA APRESENTAÇÃO

“É com muito orgulho e muito carinho que eu hoje estou aqui para receber este prêmio, parabenizar a Viradouro por esse trabalho, parabenizar a minha equipe de barracão, equipe de ateliê. Nós como carnavalescos não fazemos nada sozinhos, a gente depende desse barracão, desses artistas, a todos que ficaram do nosso lado. Esse prêmio é de vocês Viradouro, a essa escola maravilhosa, que nos dá estrutura, que nos dá condições de trabalho”, reconheceu Tarcísio.

Após um desfile difícil em 2020, em que as notas estiveram bem abaixo do padrão esperado para um casal como Marlon Lamar e Lucinha Nobre, em 2022, pode se falar de uma volta por cima, de uma resposta às críticas, dada dentro da Passarela do Samba. Com Lucinha ainda se recuperando de uma lesão, o casal não pôde colocar a fantasia na premiação mas ainda arriscou alguns passos para delírio do público ao som dos sambas históricos entoados por Gilsinho. A dupla, em discurso, ressaltou o carinho recebido dentro da escola depois de um ano difícil e Lucinha revelou ter até pensado em parar depois do carnaval de 2020. * VEJA AQUI FOTOS DA APRESENTAÇÃO DA PORTELA

“É um prazer, uma honra pela segunda vez levar o prêmio Estrela do Carnaval pelo site CARNAVALESCO ao lado da minha dama, da minha porta-bandeira maravilhosa que é uma escola de vida, é uma escola de personalidade. Tenho muito que aprender ainda ao lado dela. Esse carnaval 2022 foi muito importante para gente, até devido ao de 2020, o último, um carnaval em meio a um semestre de uma faculdade nada fácil. Mas ao lado da Lucinha e de toda comunidade da Portela, a gente conseguiu chegar ao nosso objetivo. E vamos trabalhar porque o centenário está aí”, relembrou Marlon.

“É um momento muito feliz da minha carreira, eu me sinto muito realizada. Em um momento em 2020, eu cheguei a pensar em parar porque como a Squel falou é um momento muito delicado, a gente que não é mais novinha, dançando desde os seis anos de idade. Mas eu me sinto muito acolhida na Portela. Eu sinto meu corpo ainda pronto para dançar e esse ano foi muito especial por conta do reconhecimento do nosso trabalho. Às vezes a gente trabalha, mas não tem o reconhecimento que a gente espera. Óbvio que são muitos casais, não é fácil, mas a gente está aqui correndo atrás do nosso, lutando e respeitando os outros casais também”, frisou Lucinha.

Squel emociona a todos e recebe uma premiação eterna

Um dos momentos de maior emoção da festa aconteceu logo no começo após o discurso das autoridades e antes ainda da premiação de 2022 propriamente dita começar. A agora ex- porta-bandeira Squel que anunciou recentemente sua aposentadoria foi chamada ao palco para receber o Estrela do Carnaval eterno por seus serviços prestados ao carnaval e sua carreira extremamente relevante para o mundo do samba. No discurso anterior à entrega do prêmio, o apresentador Milton Cunha fez questão de relembrar um dos momentos mais marcantes do carnaval, quando em 2016 a porta-bandeira apareceu careca no desfile da Estação Primeira de Mangueira, que homenageou Maria Bethânia. Squel, visivelmente emocionada, agradeceu o carinho e falou sobre a difícil decisão de encerrar a carreira.

“Obrigada pelo carinho. Eu estou muito orgulhosa da minha caminhada, da minha família, dos meus amigos, daqueles que sempre caminharam comigo. Saber parar é difícil. Eu nem sei de onde eu tirei a coragem. Mas é chegado o momento de cuidar de mim, cuidar da minha saúde, cuidar da minha vida. Tenho muito orgulho da minha carreira como porta-bandeira. Há 30 anos eu desfilo. Mas, feliz e orgulhosa. Agradeço muito aos amigos do carnaval às portas, ao conhecimento, e só gratidão. Obrigado Grande Rio pela oportunidade dada aquela menina com 18 anos, obrigada Mocidade por ter me mostrado um mundo incrível, e obrigada minha escola Estação Primeira de Mangueira por realizar o meu sonho de menina”.

A festa de premiação do Estrela do Carnaval encerrou oficialmente a cobertura do carnaval do Grupo Especial de 2022 pelo site CARNAVALESCO. Mas a festa ainda vai continuar na Série Ouro com a premiação do site para os melhores que vai acontecer no dia 16 de julho na quadra do Império Serrano. Veja abaixo alguns vídeos da festa na Imperatriz.

Comentários