Em declaração publicada na coluna do jornalista Ancelmo Gois, de O Globo, o presidente da Banda de Ipanema, Claudio Pinheiro, revelou que não haverá desfile em 2022.

“A simples e tão desejada vacinação não credencia ninguém à aglomeração. Todos os cuidados deverão ser mantidos integralmente. Não podemos desfilar enquanto pessoas continuarem morrendo de Covid-19. Vamos esperar pelo carnaval de 2023. Pode ser que até lá, tudo se resolva. Mas, em 2022, a situação ainda será de riscos”, afirmou Pinheiro.

Em maio do ano passado, Claudio Pinheiro foi um dos primeiros a garantir que não haveria desfile em 2021. Nas redes sociais, o carnavalesco Leandro Vieira, da Mangueira e do Império Serrano, comentou a notícia desta segunda-feira.

“Dói, mas é fácil vislumbrar, que o desfile das escolas em fevereiro de 22 pode encontrar o destino do 21. Custo a crer que ninguém tá pensando desde já num FORMATO POSSÍVEL para esses tempos. Algo que devolva renda para milhares de trabalhadores desempregados”.

Comentários