A presidente da Imperatriz Leopoldinense, Cátia Drumond, aprovou o encontro com o prefeito Eduardo Paes e citou a palavra esperança após o encontro na sede da Prefeitura do Rio de Janeiro. Segundo promessa do prefeito do Rio, a assinatura do contrato do Carnaval 2022 acontecerá ainda no mês de março. A informação foi considerada pelos presidentes como uma grande conquista, já que haverá previsibilidade na chegada de recursos e facilitará a compra de materiais e contratações de funcionários/colaboradores.

“Essa reunião é a esperança. Vimos uma luz no fim do túnel. O prefeito está com muita boa vontade em ajudar todas agremiações e os profissionais que estão desempregados. Saio daqui feliz com a conversa”, disse Cátia Drumond.

A dirigente gresilense fez também uma projeção sobre o próximo carnaval da escola e do Rio de Janeiro

“Vamos abrir o carnaval com um belo desfile. Temos que pensar grande. Vem coisa boa aí. Acho que 2022 promete”.

Outro ponto da reunião que merece destaque é o interesse de Eduardo Paes em realizar um ensaio técnico, na Marquês de Sapucaí, em julho de 2021, caso a cidade consiga reduzir os números de casos da Covid-19. A reação sobre esta proposta foi muito bem aceito por todos os presidentes das escolas de samba.

Sobre a interdição da Cidade do Samba, o presidente da Liesa, Jorge Castanheira, contou que o prefeito fará um grupo de trabalho para estudar como agir e conseguir a liberação do local.

“O prefeito designou uma pauta de reuniões. O grupo da prefeitura vai ter acesso ao processo para verificar possibilidades de recursos jurídicos e tentarmos viabilizar a desinterdição da Cidade do Samba”.

Comentários