Terceira colocada no último carnaval, a Rosas de Ouro demonstra trilhar um caminho de superação, retomando o nível vitorioso presente na história da agremiação. Para o carnaval de 2020, a escola trabalha sob muita expectativa dos foliões e sambistas de São Paulo.

Segundo a presidente Angelina Basílio, em entrevista ao CARNAVALESCO, a expectativa é algo positivo para o projeto e afirma estar tranquila com cronograma do barracão.

“A gente se uniu, a gente superou e agora vamos amar, assim como fala o samba. E eu to muito feliz e satisfeita com a escola”, diz a presidente, que acrescenta: “O nosso barracão está tudo bem, mais confortável do que eu imaginava. Esse ano vamos ter as universidades nos ajudando também, a Mauá, a FEI e a INSPER, de escola pra escola”.

Ainda sobre o carnaval de 2020, Angelina exalta o samba da agremiação e destaca melodia.

“O nosso samba tem pegada, tem energia. É tempo de amar, de unir os corações e conectar as emoções. Então, não da pra não ter uma energia da escola. A gente fala de amor, é inevitável, e a melodia é maravilhosa”.

A Rosas de Ouro encerra os desfiles do grupo especial do carnaval de São Paulo, no sábado, com o enredo: “Tempos Modernos”, uma viagem sobre as revoluções industriais de toda a história, desenvolvido pelo carnavalesco André Machado.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui