No sorteio da ordem dos desfiles do Carnaval de São Paulo de 2023, a equipe do CARNAVALESCO conversou com a presidente Luciana Silva, da Tom Maior, quarta colocada em 2022, e abordou sobre o planejamento da escola para a próxima temporada. A principal mudança foi no casal, Jairo Pereira e Simone Gomes, que estivam no posto da escola desde 2007, não estarão em 2023, para o lugar chegaram Ruhanan Pontes e Ana Paula, vindos da Colorado do Brás.

Foto: Vinicius Vasconcelos/Site CARNAVALESCO

“Sou suspeita, sou uma das partes que está trazendo o casal. É uma aposta grande, sem dúvida, eles têm a cara da escola, e tenho certeza que farão um excelente trabalho. Vamos fazer o trabalho sempre em busca do campeonato, o resultado a gente nunca sabe. Mas o trabalho é feito para isso, com certeza”, garantiu a presidente.

A Tom Maior teve dois grandes resultados recentes, em 2018 e 2022 ficando em quarto lugar, com desfiles marcantes, mas o sonho é com o título inédito do Grupo Especial e leva como lição detalhe em um décimo em 2022: “Nós não podemos perder um décimo. Temos que lutar por 270 pontos, é nota máxima em todos os quesitos”, afirmou Luciana Silva.

Sobre o sorteio, a Tom Maior será a penúltima escola a desfilar na sexta-feira e Luciana avaliou: “Quando a gente quer ser campeão e está fazendo um bom trabalho, não tem que escolher. Obviamente tem condições que dificultam, a última escola normalmente desfila de dia, é mais difícil. Mas sem dúvida, o sexto lugar é excelente”.

O enredo será anunciado nesta quinta-feira e a presidente da agremiação revelou: “Podem esperar o enredo com a cara da Tom Maior como sempre. A gente pode navegar por vários mares, mas é sempre um enredo com a nossa identidade”.

No último carnaval cantaram ‘O Pequeno Príncipe no Sertão’ com o carnavalesco Flávio Campello, que permanece em 2023.

Comentários