Presidente da Viradouro sobre mestre Jorjão: ‘Foi fundamental no título da escola em 1997’

618

O site CARNAVALESCO ouviu o presidente da Viradouro, Marcelinho Calil, sobre o falecimento de mestre Jorjão, comandante da bateria da escola em 1997, ano do primeiro e único título no Grupo Especial da escola de Niterói.

“É uma notícia triste para o mundo do carnaval. Um cara que é um início. Desde que assumimos fizemos um prêmio e reconhecimento para ele dos 20 anos do título da Viradouro. Marcou a história da escola. Ele teve participação fundamental com algo completamente novo, a paradinha funk, um marco na história das baterias. Meus sinceros pêsames para família e estou entrando em contato com eles para prestar a devida homenagem e honraria”, disse o dirigente.

Marcelinho Calil frisou que o nome de mestre Jorjão está marcado na história do carnaval e esteve no ápice da Viradouro no título de 97.

“A vida é assim e nos prega esses obstáculos. Muita oração para que ele descanse em paz e no que seja possível a família consiga receber o carinho de todos e possa reagir com muita saudade, mas com o sentimento que ele foi um cara importante e que contribuiu muito ao carnaval. Como presidente da Viradouro agradeço tudo que ele fez pela escola e pela sua honrosa e marcante passagem”.

Comentários