As “Quimeras de um eterno aprendiz” do Império da Tijuca chamaram a atenção de diversos novos componentes para a escola. Um deles foi a professora Cláudia Nunes, de 49 anos. Ao saber do tema escolhido para o carnaval 2020, ela fez questão de desfilar na escola. Para a estreia ser em grande estilo, Claudia optou pelo terceiro carro da verde e branca “Utopias de um Império do saber”.

A alegoria exaltava a contribuição do Império para o ensino, educação e a cultura no Brasil.

“Eu desfilei como colombina da sabedoria. Sou professora da prefeitura do Rio e me senti convidade para participar desse desfile. A luta pela educação é parte da minha história. Eu não poderia ficar de fora”, contou a professora.

Também no mesmo carro, a destaque Renata Sales, 25 anos, se sentiu tocada pela mensagem da escola no quesito educação. “Nossa educação precisa ser prioridade no país. O conhecimento é o que a gente traz de mais importante na nossa vida e transmite para as novas gerações”, explicou.

Ambas estavam acompanhadas no carro por uma figura especial: um anjo do saber. A escultura trazia uma mensagem de inclusão, respeito e esperança. Em suas mãos, um livro com mensagens escritas por crianças da própria comunidade do Morro da Formiga.

Comentários