Notícia maravilhosa nesta terça-feira para os apaixonados por carnaval. O empresário Felipe Trotta anunciou a volta do Baródromo, o bar mais querido dos sambistas. Após sair da Lapa, o bairro do Maracanã foi escolhido como nova casa.

Para voltar com o bar, ele criou uma campanha de consumo. Já está disponível no perfil do @barodromo

Veja o post completo:

“O Baródromo Tá Voltando!

De que forma podemos melhorar a cidade que amamos, a cidade que vivemos? Umas das coisas que eu fiz foi criar o Baródromo. Há cinco anos, imaginei que o Rio precisava de um bar que homenageasse a sua maior manifestação cultural: o Carnaval. O que eu não imaginava é que a tribo do samba fosse tomar a casa para si! O Baródromo passou a ser do povo do samba. “Minha segunda casa” é o que eu mais ouvia esse tempo todo. O fechamento mexeu com esse povo. Machucou o coração da galera.

Mesmo com poucos anos de funcionamento, o Baródromo parece antigo. Parece que sempre existiu na vida das pessoas. Lugar de afeto, de encontro, de alegria, de VALORIZAÇÃO da arte, de nossos artistas e de nossa cultura! Eu amo infinitamente a minha cidade. E como há cinco anos, sei que ela precisa do Baródromo. Mas por tudo que estamos vivendo, não consigo mais fazer isso sozinho. Preciso de ajuda. Já temos o local. Numa esquina no bairro do Maracanã, na Tijuca, num ponto com facilidade de acesso e características para aproveitarmos o que tivemos de melhor na Praça Onze e na Lapa! Mas precisamos de recursos para que o Baródromo volte.

Com a ajuda de muita gente bacana, estamos lançando a campanha de consumo antecipado para levantarmos verba para obras no local. Não é doação. Quem comprar o consumo, terá direito a usar o mesmo valor quando inaugurarmos”.

A campanha de consumo já está disponível no perfil do @barodromo

Muito obrigado, Felipe Trotta.

#oBaródromoTávoltando

 

Ver essa foto no Instagram

 

O Baródromo Tá Voltando! De que forma podemos melhorar a cidade que amamos, a cidade que vivemos? Umas das coisas que eu fiz foi criar o Baródromo. Há cinco anos, imaginei que o Rio precisava de um bar que homenageasse a sua maior manifestação cultural: o Carnaval. O que eu não imaginava é que a tribo do samba fosse tomar a casa para si! O Baródromo passou a ser do povo do samba. “Minha segunda casa” é o que eu mais ouvia esse tempo todo. O fechamento mexeu com esse povo. Machucou o coração da galera. Mesmo com poucos anos de funcionamento, o Baródromo parece antigo. Parece que sempre existiu na vida das pessoas. Lugar de afeto, de encontro, de alegria, de VALORIZAÇÃO da arte, de nossos artistas e de nossa cultura! Eu amo infinitamente a minha cidade. E como há cinco anos, sei que ela precisa do Baródromo. Mas por tudo que estamos vivendo, não consigo mais fazer isso sozinho. Preciso de ajuda. Já temos o local. Numa esquina no bairro do Maracanã, na Tijuca, num ponto com facilidade de acesso e características para aproveitarmos o que tivemos de melhor na Praça Onze e na Lapa! Mas precisamos de recursos para que o Baródromo volte. Com a ajuda de muita gente bacana, estamos lançando a campanha de consumo antecipado para levantarmos verba para obras no local. Não é doação. Quem comprar o consumo, terá direito a usar o mesmo valor quando inaugurarmos. A campanha de consumo já está disponível no perfil do @barodromo Muito obrigado, Felipe Trotta. #oBaródromoTávoltando

Uma publicação compartilhada por Felipe Trotta (@trottafelipe) em

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui