Foto: Ana Cristina Victória

Rainha de bateria da Porto da Pedra, Kamila Reis deu as boas-vindas à cantora trans angolana Titica, no ensaio de quadra da escola de São Gonçalo. Titica, que foi a primeira artista de Angola a assumir sua transexualidade, considerada ícone da música pop do pais e rainha do kuduro, será destaque de uma das alegorias da vermelho e branco, que disputa o título da Série A, e vai desfilar na Marquês de Sapucaí.

O enredo da Porto da Pedra, assinado pelo carnavalesco Jaime Cezario, será uma homenagem ao ator Antonio Pitanga, que estreou no cinema em 1960 e atuou em mais de 50 filmes, além de ter integrado elenco de várias novelas.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui