A Mocidade Alegre escolheu o samba-enredo dos compositores Márcio André, Fabiano Sorriso, China da Morada, Marquinhos, Biel, Lucas Donato, Daniel Katar, Bello e Marcelo Valência, como hino oficial para o próximo carnaval para homenagear Clementina de Jesus, no enredo de autoria do carnavalesco Edson Pereira. A obra tem uma divisão melódica que valoriza a característica do enredo. Fabiano Sorriso, um dos compositores da obra, comentou sobre a sensação de vencer. * OUÇA AQUI O SAMBA-ENREDO

“Minha tia foi a segunda passista da Mocidade Alegre em 69, meu tio se tornou mestre-sala, todos da família da minha mãe são Mocidade Alegre. Eu, como compositor, vou realizar um sonho de poder devolver pra eles tudo que eles me ensinaram. Fico até emocionado porque é algo enraizado na minha família”, disse o compositor.

A disputa contou com 42 sambas inscritos, número alto em comparação à média de inscrições de uma eliminatória. Momentos antes do anúncio, a presidente Solange Cruz explicou que houve diferença de votos entre os sambas mesmo com a disputa acirrada.

“A gente não optou pela junção, a gente não quis. Mesmo assim teve uma diferenciação de votos sim, não tinha como juntar e nem nada”, defendeu.

O anúncio foi feito através do Churras Live 2, transmitido no canal de Youtube da escola e disponível na íntegra. A comunidade da agremiação participou ativamente de todo o processo, através de comentários e reações.

A live foi conduzida pela rainha de bateria, Aline Oliveira, e Jocimar Martins. A interação entre os dois foi a tônica da transmissão para um clima descontraído. Prova disso foi a participação do mestre Sombra que comentou sobre sua trajetória de compositor e até cantou um pequeno trecho da obra de sua autoria.

Muitos convidados apareceram por vídeos com depoimentos sobre o enredo, como Chico Pinheiro, Babu Santana, Xande de Pilares, Almirzinho, Carica, Ito Melodia, Renato Sorriso, entre outros.

Um destaque foi a surpresa para a presidente Solange Cruz. O vídeo juntou mensagens de membros da comunidade que exaltaram a excelência dela à frente do cargo.

“Obrigada a todo mundo de coração. Somente gratidão por essa família incrível. Eu sou suspeita, que coisa mais linda esse vídeo”, agradeceu Solange.

O carnavalesco Édson Pereira esteve presente, comentou sobre importância de um tema sobre Clementina de Jesus e revelou vontade antiga.

“A Clementina não é só um enredo, ela é uma representação e materialização do nosso povo, da nossa raiz negra. É importante dizer que é muito mais que um simples enredo. Há muitos anos eu tinha esse desejo de fazer um carnaval sobre Clementina, e é algo que eu sempre disse, o enredo depende da escola e a escola depende do enredo. E olha, tem tudo haver fazer Clementina”.

A Mocidade Alegre ainda divulgou a realização do evento “24 horas de samba”. Mais informações serão postadas nas mídias sociais da escola.

Comentários