A Mocidade Alegre escolheu o samba-enredo dos compositores Márcio André, Fabiano Sorriso, China da Morada, Marquinhos, Biel, Lucas Donato, Daniel Katar, Bello e Marcelo Valência, como hino oficial para o próximo carnaval para homenagear Clementina de Jesus, no enredo de autoria do carnavalesco Edson Pereira. A obra tem uma divisão melódica que valoriza a característica do enredo. Fabiano Sorriso, um dos compositores da obra, comentou sobre a sensação de vencer. * OUÇA AQUI O SAMBA-ENREDO

“Minha tia foi a segunda passista da Mocidade Alegre em 69, meu tio se tornou mestre-sala, todos da família da minha mãe são Mocidade Alegre. Eu, como compositor, vou realizar um sonho de poder devolver pra eles tudo que eles me ensinaram. Fico até emocionado porque é algo enraizado na minha família”, disse o compositor.

A disputa contou com 42 sambas inscritos, número alto em comparação à média de inscrições de uma eliminatória. Momentos antes do anúncio, a presidente Solange Cruz explicou que houve diferença de votos entre os sambas mesmo com a disputa acirrada.

“A gente não optou pela junção, a gente não quis. Mesmo assim teve uma diferenciação de votos sim, não tinha como juntar e nem nada”, defendeu.

O anúncio foi feito através do Churras Live 2, transmitido no canal de Youtube da escola e disponível na íntegra. A comunidade da agremiação participou ativamente de todo o processo, através de comentários e reações.

A live foi conduzida pela rainha de bateria, Aline Oliveira, e Jocimar Martins. A interação entre os dois foi a tônica da transmissão para um clima descontraído. Prova disso foi a participação do mestre Sombra que comentou sobre sua trajetória de compositor e até cantou um pequeno trecho da obra de sua autoria.

Muitos convidados apareceram por vídeos com depoimentos sobre o enredo, como Chico Pinheiro, Babu Santana, Xande de Pilares, Almirzinho, Carica, Ito Melodia, Renato Sorriso, entre outros.

Um destaque foi a surpresa para a presidente Solange Cruz. O vídeo juntou mensagens de membros da comunidade que exaltaram a excelência dela à frente do cargo.

“Obrigada a todo mundo de coração. Somente gratidão por essa família incrível. Eu sou suspeita, que coisa mais linda esse vídeo”, agradeceu Solange.

O carnavalesco Édson Pereira esteve presente, comentou sobre importância de um tema sobre Clementina de Jesus e revelou vontade antiga.

“A Clementina não é só um enredo, ela é uma representação e materialização do nosso povo, da nossa raiz negra. É importante dizer que é muito mais que um simples enredo. Há muitos anos eu tinha esse desejo de fazer um carnaval sobre Clementina, e é algo que eu sempre disse, o enredo depende da escola e a escola depende do enredo. E olha, tem tudo haver fazer Clementina”.

A Mocidade Alegre ainda divulgou a realização do evento “24 horas de samba”. Mais informações serão postadas nas mídias sociais da escola.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui