Quinta escola a pisar no solo sagrado da Marquês de Sapucaí, a Unidos de Padre Miguel encantou o público com o enredo “Iroko-É Tempo de Xirê”. Na frente da escola, em um tradicional “pede-passagem”, o boi vermelho, símbolo resgatado pela UPM nos últimos anos, abriu os caminhos para o desfile da escola.

Com a sigla da escola à frente, “UPM”, o pede-passagem, de nome “O Boi Vermelho da Vintém pede passagem, trazia, além do boi, com movimentos, as matas de Iroko, orixá homenageado, estamparias africanas e uma destaque central, representando Oduduá. Com galinhas da angola nas laterais, o elemento alegórico anunciava o “tempo de xirê”, que é a festa dos orixás, realizada pela escola para exaltar arvoré-orixá”.

Apesar de popularmente a escola ser conhecida como Boi Vermelho, o animal durante muitos anos ficou fora do símbolo da escola. Após muitos carnavais com as “duas mãos” como emblema, a Unidos de Padre Miguel resgatou o animal, que se difundiu rapidamente no mundo do samba

Em entrevista ao Site CARNAVALESCO, o diretor de alegorias da Unidos de Padre Miguel, Flávio Coelho , responsável pelo pede-passagem, falou sobre a questão da importância do resgate do símbolo e da representação do elemento alegórico.

“Esse pede-passagem traz o nosso símbolo, que foi reinventado pela escola porque o Boi Vermelho é o símbolo original da escola, desde a fundação, sempre foi o boi e durante muitos anos, foram as duas mãos e, de uns anos pra cá, a Unidos de Padre Miguel voltou com o boi vermelho, que é o símbolo da nossa escola”, contou.

De volta à escola depois de três carnavais, o carnavalesco Edson Pereira resgatou as características de desfile da UPM, plasticamente grande e com a pegada africana do povo da Vila Vintém. Confiante, o diretor Flávio acredita no título da escola e no retorno ao Grupo Especial.

“A gente espera a vitória esse ano. Estamos com carros belíssimos, ótimas fantasias e a forte comunidade da Unidos, que é muito forte, como todos sabem, está muito empenhada em busca de ganhar o título e retornar ao Grupo Especial”, concluiu.

Comentários