O mês de outubro foi especial para o site CARNAVALESCO. Não apenas pelas coberturas tradicionais das finais de samba, onde mais uma vez a nossa reportagem marcou presença em todas as quadras das agremiações que desfilam no Sambódromo. Mas em 2019 nosso site se consolidou na cobertura da folia paulistana. Durante as gravações do CD da Liga SP pela primeira vez o veículo esteve presente, fornecendo o conteúdo de qualidade e opinião que os sambistas se acostumaram. Cada faixa recebeu uma matéria exclusiva, com vídeos e fotos.

No Rio de Janeiro, outubro é tempo de conhecer as safras que vão pra a avenida e as gravações dos CDs. Mais uma vez as escolhas de samba foram eletrizantes nas quadras das grandes grifes do nosso carnaval. Neste ano Tuiuti, Tijuca e Vila Isabel optaram por não realizarem a disputa tradicional. As demais nove escolas promoveram finais de samba, e a safra final foi uma das mais elogiadas dos últimos tempos.

Crivella e Witzel rompem e questão do Sambódromo volta à estaca zero

Desde o início do ano, o governador Wilson Witzel demonstrou interesse em assumir o controle do Sambódromo, em meio à crise financeira que atinge a prefeitura. Mas se por um lado, Crivella queria se livrar do carnaval, por outro ele manteve uma intensa queda de braço com o governador, já de olho nas eleições municipais de 2020. O rompimento se deu quando Crivella desistiu de passar o equipamento de lazer para o estado, em uma solenidade que já estava toda preparada e teve de ser cancelada. Dias depois o prefeito anunciou reformas no Sambódromo, custeadas pelo governo federal.

O mês de novembro chegou ao fim com os sambistas chorando a partida de mais um ilustre militante do gênero. Depois de alguns anos lutando contra um câncer, o cantor Reinaldo, o príncipe do pagode, morreu. Reinaldo foi um dos mais atuantes sambistas em quadras e eventos das escolas de samba.

Em dezembro de 2019…..

O último mês do ano chegou com as tradicionais festas de lançamento dos CDs da Série A e Especial, produzidos meses antes. Porém, apesar dos sambas já serem conhecidos de maneira ampla e até áudios piratas terem sido vazados nas redes sociais, os sambistas não conseguiram comprar a mídia física. Isso mesmo, houve festa de lançamento, mas sem CD. Muitos sambistas reclamaram.

Na festa da Série A, realizada na quadra da Portela, quem comandou a noite foi a Porto da Pedra. Já o evento do Grupo Especial aconteceu na quadra do Salgueiro, no dia nacional do samba. Sem um destaque único, as apresentações comprovaram a excelente safra de 2020.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui