Em reunião realizada na noite de segunda-feira, na quadra da escola, o Conselho Deliberativo do Salgueiro votou e aprovou a cassação do título de Benemérito de Renato Duran, filho da ex-presidente Regina Celi. Além disso, integrantes que participaram da administração de Celi tiveram seus títulos de sócios contribuintes cassados.

Foto: Reprodução das redes sociais

Segundo o edital de convocação para reunião, assinado por Francisco Latorre, presidente do Conselho, foi apresentado um “relatório da Comissão de Sindicância que apurou as irregularidades estatutárias, administrativas e financeiras cometidas na gestão de Regina Celi no período entre 2014 e 2018.

Em uma publicação nas redes sociais, Regina Celi se posicionou sobre a decisão tomada pelo Conselho do Salgueiro.

“Mais uma vez, venho comunicar a todos vocês a Injustiça e a Perseguição que estão sendo perpetradas contra todos aqueles que trabalharam comigo na administração anterior, principalmente em face dos meus familiares. Na assembleia realizada na data de ontem, 04/10/2021, utilizando-se de argumentos mais esdrúxulo, isto é, falta de localização de Renato Duran, cassaram seu título de benemérito, como também, em uma atitude altamente intimidadora, cassaram o título de contribuinte de todos aqueles que nos auxiliaram na Administração. Tenho certeza absoluta que com ódio e vingança a nossa agremiação não irá conseguir nada. Prestei meus serviços por longos anos no Salgueirio e jamais admitir, de forma alguma e, principalmente, por respeito a todos, que fosse casado qualquer título de membro da Agremiação. Carnaval Não se faz com Ódio e Vingança! Em respeito à Agremiação e a todos os componentes, principalmente aqueles que me acompanharam e que continuam ao meu lado mesmo diante dos entraves, permanecerei lutando pelos direitos daqueles que estão sendo injustiçado. Salgueiro acima de tudo!”

Comentários