A Prefeitura do Rio apresentou na noite de quinta-feira a nova iluminação cenográfica do Sambódromo da Marquês de Sapucaí. Até os desfiles, em abril, estão sendo instalados 144 moving lights, 144 projetores led RGB, 288 projetores led, duas mesas de controle DMX, uma rede de controle, 24 quilômetros de fibra ótica e 14 câmeras de visualização para sala de controle. Os novos equipamentos de iluminação, avaliados em R$ 16 milhões, fazem parte do programa Luz Maravilha, Parceria Público-Privada (PPP) que vai modernizar todos os pontos de iluminação pública do município até dezembro de 2022.

“Instalamos 14 câmeras na sala de controle, que vão facilitar todo esse movimento dos projetores na hora do desfile. Esse novo sistema de iluminação vai ficar como um legado para todos os eventos que forem realizados aqui na Sapucaí. Não tenho dúvida que o Carnaval deste ano será mais bonito e mais marcante do que os anteriores”, disse o presidente da Rioluz, Pierre Batista.

Segundo ele, a iluminação cênica será definitiva no Sambódromo, ou seja, não ficará somente nos dias dos desfiles, poderá ser utilizada para outros eventos e estará em todos os pontos das arquibancadas.

“As escolas de samba vão poder trabalhar com todas cores. Cada uma vai aprimorar e ter seu iluminador trabalhando na mesa. Ficará um legado para o Sambódromo. É uma iluminação cênica e valerá para todos os tipos de shows. Durante o desfile, a escola poderá poderá colocar uma iluminação especial no momento da apresentação do casal de mestre-sala e porta-bandeira”, explicou o presidente da Rioluz.

Vice-presidente da Liesa, Hélio Motta, aprovou o trabalho feito pela Prefeitura do Rio. “Com essa reforma e a nova iluminação, a Prefeitura mostra que entende que o Carnaval é um polo cultural e social, que serve também para o desenvolvimento econômico da cidade. As escolas de samba agradecem porque agora terão um palco iluminado para presentear o público com um grande espetáculo”, disse.

Presidente da Riotur, Daniela Maia, celebrou a realização da iluminação cênica, que já foi realizada na gestão do prefeito Cesar Maia.

“Hoje, a gente tem muito mais tecnologia do que em 2004. Tudo de led, além de ter uma economia na conta de luz no Sambódromo. A iluminação vai dar vida. A luz branca, chapada, tirava o brilho do desfile. No intervalo entre uma escola e outra também vai estar tudo iluminado. Estará tudo iluminado, brilhando. É um sonho das escolas de samba. Vai valorizar ainda mais o espetáculo que já é lindo. Valoriza e muito o desfile. Qualquer espetáculo no mundo tem uma grande iluminação. Estamos entregando para cidade uma iluminação cênica maravilhosa no Sambódromo. Estou com muito orgulho, trabalhamos muito nesse ano de pandemia, aproveitamos o tempo com sabedoria para começarmos a organizar o maior espetáculo da terra”.

Comentários