A Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) confirmou na manhã deste sábado que a Avenida está liberada para o Carnaval 2020. A liberação do Ministério Público aconteceu após a entrega do laudo do Corpo de Bombeiros certificando que todas as exigências foram cumpridas. Neste domingo acontecerá a lavagem da Avenida e o teste de som e luz com a Estação Primeira de Mangueira.

A lavagem das baianas e sambistas tem concentração prevista para 18h e início marcado para às 19h deste domingo no Sambódromo. O ensaio técnico da Estação Primeira de Mangueira, atual campeã do Grupo Especial, acontece após o tradicional encontro dos sambistas na pista dos desfiles. Vale lembrar que a entrada na Sapucaí é grátis.

A concessão da tutela antecipada concedida pela juíza Soraya Pina Bastos para a realização do evento aconteceu após o pedido da Riotur, em posse do laudo do Corpo de Bombeiros. O Ministério Público também está de acordo e manifestou-se favoravelmente.

Na próxima segunda-feira, está marcada uma reunião entre Riotur, Corpo de Bombeiros e Ministério Público no Tribunal de Justiça para análise final dos documentos e, então, a liberação definitiva do Sambódromo.

Como foram as obras no Sambódromo

Na área de incêndio e pânico foram instaladas 967 luzes de emergência, 1345 placas de sinalização e 423 extintores de incêndios e pintura das áreas de circulação em todas as arquibancadas.

Na recuperação estrutural foi feita remoção da camada de cabeamento das faces superiores dos degraus e arquibancadas, e remoção da camada de cabeamento externo, além da limpeza dos pisos e degraus das arquibancadas, tratamento da armadura de ferro das faces superiores das arquibancadas, inibidor de corrosão entre lajes e pilotis, e recuperação da junta de dilatação e vedação.

Comentários