Em uma live nas redes sociais a São Clemente anunciou seu enredo para o próximo carnaval. O anúncio foi feito com o presidente Renatinho e Tiago Martins, que assinará o desfile com João Vitor Araújo, que também participou do papo. O enredo recebeu o nome de “Ubuntu”.

“A ideia do enredo é a São Clemente que se lança como voluntária da filosofia Ubuntu, que significa humanidade. Mostraremos diversas ações humanitárias no Brasil e mundo. Trazendo conteúdo plástico conectado. Grandes líderes, instituições internacionais, homens e mulheres que marcaram seus feitos. Precisamos esquecer o singular para viver o plural. Vamos aguardar a pandemia acabar para lançar sinopse”, disse Tiago.

Ao falar sobre o enredo, João Vitor falou que não pode trair seu povo.

“Carnaval é uma festa preta e carente de pessoas pretas na festa. A gente precisa de voz. Quando penso em humanismo e solidariedade eu penso no meu povo negro. O que mais sofre, chora e está carente de representatividade e liderança. Falar de solidariedade, para mim, como representante negro dentro do carnaval, é muito forte”, explicou João Vitor.

Um dos responsáveis pela idealização do enredo, Renato terá os carnavalescos Tiago Martins e João Vitor Araújo no desenvolvimento plástico de “Ubuntu”, além do historiador-enredista Marcos Roza, responsável pela pesquisa de conteúdo do tema. O presidente da São Clemente falou sobre a proposta da escola.

“Esse enredo engloba tudo. É um enredo de amor. Não tenho patrocínio de ninguém. Está incluída minha família e amigos de infância. Teremos escolha de samba-enredo, mas sem vacina não vou fazer carnaval. Vou seguir todas autoridades sanitárias”, afirmou Renatinho.

Sabe aquele amor tão genuíno do “nós”, e que deveria ser aprendido no seio da família? Aquele que, de tão concreto, se estende à coletividade e alcança o próximo? É esse amor que inunda a São Clemente e transforma a agremiação em “escola de vida”, voluntária de uma grande missão social dos ensinamentos da filosofia Ubuntu, com origem nos povos Bantus e que significa humanidade.

Ubuntu é uma ética social africana que tem origem na língua Zulu e é sustentada por pilares como solidariedade, partilha, respeito, acolhimento e generosidade, entre outras ações que realizadas em sintonia com a alma, buscando o bem-estar coletivo à expansão do conceito de humanização.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui