O site CARNAVALESCO conversou com Gabriel Jacome, Head de Conteúdo da TV Globo, sobre o programa “Seleção do Samba”, que estreia na virada de sábado para domingo, após o “Altas Horas”, e contará como foi o processo de escolha dos sambas-enredo para o Carnaval de 2022 do Grupo Especial do Rio de Janeiro. Confira a entrevista abaixo.

Fotos: Leandro Ribeiro/TV Globo

O que fica de legado deste primeiro “Seleção do Samba” para os demais programas do gênero?

“Acho que conseguimos transmitir no programa a emoção dos compositores finalistas, todos vitoriosos por ter o seu samba entre os três melhores diante de tantos inscritos, e dos componentes, com a escolha do samba que vai embalar a escola na Avenida. ‘Seleção do Samba’ é uma oportunidade de homenagear as escolas, que sofreram tanto durante este período. De mostrar para todo o Brasil o talento de seus compositores e a força de seus enredos. Muitas pessoas assistem aos desfiles sem saber como isso funciona, como mobiliza a comunidade, como diversos talentos da composição estão envolvidos, como é técnica a apresentação dos sambas. E também vão descobrir como é alto o nível dos finalistas e difícil a decisão dos jurados”.

LEIA AQUI: Luis Roberto e Milton Cunha revelam para o CARNAVALESCO detalhes do programa ‘Seleção do Samba’

LEIA AQUI: Sambas oficiais da Mangueira, Mocidade e São Clemente estarão nas plataformas de áudio na virada de sábado para domingo

Os sambistas estão emocionados quando olharam os comerciais na programação. O que esperar da exibição em termos de emoção?

“É difícil mesmo não se emocionar. A pandemia impactou muito a vida do mundo inteiro e com a comunidade do samba não foi diferente. Dividir esse momento tão importante para as escolas na TV aberta será um presente para milhões de fãs do Carnaval. O Carnaval é a maior festa cultural do país e o programa permite que mais pessoas conheçam esse processo tão emocionante de escolha dos sambas que o mundo inteiro ouve durante os desfiles na Sapucaí”.

LEIA AQUI: ‘Ainda não temos a noção exata da nossa saudade do carnaval, mas tivemos uma amostra’, diz Teresa Cristina sobre o ‘Seleção do Samba’

É um programa que veio para ficar e pode seguir nos próximos anos?

“Por enquanto, é um projeto apenas para esse ano. Mas nada impede que tenha continuidade”.

Ouça todos os sambas na versão concorrente

VIRADOURO
GRANDE RIO
MOCIDADE
BEIJA-FLOR
SALGUEIRO
MANGUEIRA
PORTELA
VILA ISABEL
UNIDOS DA TIJUCA
SÃO CLEMENTE
PARAÍSO DO TUUTI
IMPERATRIZ LEOPOLDINENSE

Comentários