O cancelamento do Carnaval 2021 vai deixar marcas na história, na cultura e principalmente na economia da cidade. Sem a Folia, o Rio de Janeiro vai deixar de arrecadar cerca de R$ 5,5 bilhões este ano, é o que aponta uma pesquisa feita pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE). Os cálculos feitos pelos pesquisadores Claudio Considera e Juliana Trece, mostram que o montante equivale a 1,4% do PIB carioca.

Ainda segundo o estudo, caso a Folia não tivesse sido cancelada, a economia do Rio de Janeiro movimentaria R$ 4,4 bilhões provindos de gastos dos turistas brasileiros (88%) – levando em consideração uma permanência média de 6,6 dias, e gastando em média R$ 280,32 por dia –, e estrangeiros (12%), durante 7,7 dias, com gasto médio de R$ 334,01 por dia. Haveria ainda um impacto decorrente de gastos dos próprios cariocas que alcançaria pouco mais de R$ 1 bilhão.

A FGV informa que os cálculos feitos por Claudio Considera e Juliana Trece usaram como base dados de 2018, de outra pesquisa feita pela instituição a pedido do Ministério do Turismo, aliado a dados de 2020, levando em consideração o mesmo volume de turistas brasileiros e estrangeiros, mesmo tempo de permanência na cidade e equivalente gasto médio.

Comentários