Por Lucas Santos

A Unidos de Bangu não vai realizar disputa de samba para o Carnaval 2020. A escola segue a linha de outras agremiações da Série A e alega problemas econômicos para viabilizar o concurso. O samba encomendado será apresentado no próximo dia 08 de Setembro no Cassino Bangu. A informação é do presidente Thiago Oliveira em entrevista ao site CARNAVALESCO.

“A Bangu presa pela economia. Por isso, nós não vamos fazer disputa de samba. Por conta do custo operacional. Até pelo custo para os compositores. É um ano que está todo mundo enrolado e a Unidos de Bangu já se encontra com o seu carnaval em andamento. Apresentação do samba será dia 8 de setembro no Cassino Bangu, aí em primeira mão para vocês”, afirma o presidente.

O dirigente avaliou como positiva a ordem de desfile obtida pela agremiação no sorteio da Série A. Para Thiago, o desfile no sábado é um facilitador para a escola e sua comunidade, afinal os componentes precisam se deslocar da Zona Oeste.

“Eu gosto muito de sábado e já havia conversado com alguns presidentes sobre isso. Veio muito a calhar, porque eu já sabia que o Rosemberg (Unidos da Ponte), queria sexta-feira e fiquei feliz por ele ter conseguido e a gente o sábado. Sábado, é melhor, pois nós que viemos da Zona Oeste encontramos muitas dificuldades na sexta, pela Avenida Brasil, a correria que é. A logística é melhor no sábado, o povo já viajou e tudo. Ficou legal por ser a terceira, por ser Correios até pela questão da bateria. Conseguimos essa troca de posição no final, eu até brinquei dizendo que era o VAR. Isso pela democracia e por sermos uma família aqui na Lierj”, disse.

A Unidos de Bangu será a terceira escola a desfilar no sábado de carnaval da Lierj com o enredo ‘Memórias de um Griô: a diáspora africana numa idade nada moderna e muito menos contemporânea’. Os carnavalescos Rodrigo Marques e Guilherme Diniz serão os responsáveis pelo desenvolvimento.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui