Os desfiles do Grupo Especial do Rio de Janeiro estão confirmados para os 27 e 28 de fevereiro, no Sambódromo da Marquês de Sapucaí, e, após longos anos de sufoco, incluindo o governo do bispo Crivella e a pandemia, o momento é de muito trabalho na Cidade do Samba. Em parceria com o jornal O DIA, o site CARNAVALESCO percorreu todos os barracões. Foi possível ver que o ritmo está forte, inclusive, pelo talento da safra de artistas, é bom avisar que a disputa promete ser a mais forte da última década, seja pelos quesitos plásticos (alegorias e fantasias) ou pelos discursos (enredos) elaborados pelos carnavalescos, elevando ainda mais o nível se citarmos os ensaios dos casais, comissões de frente e baterias.

Foto: Wagner Rodrigues/Divulgação Viradouro

Desde o último trimestre de 2020, as escolas de samba do Especial conseguiram retomar seus trabalhos. O caminho ficou menos complicado com o avanço financeiro. A TV Globo vem despositando o valor dos direitos de transmissão, a Prefeitura do Rio também já entrou com sua parte e mais de 60% dos ingressos foram vendidos. Além disso, o governador prometeu, mais uma vez, apoiar os desfiles, através da Lei do ICMS. Porém, a trilha de quem produz desfile de escola nunca é fácil. Se por um lado entrou receita, a escassez de material e o alto custo para compra de produtos, somente o ferro para os carros alegóricos teve um aumento de 300%, preocupam os carnavalescos, diretores de carnaval e presidentes.

Os dirigentes estão em contato direto com o prefeito Eduardo Paes e o governador Cláudio Castro, recuperando a interlocução, e, acima de tudo, o apoio e reconhecimento ao trabalho social, cultural e econômico das escolas de samba para o Rio de Janeiro. Todas falas dos representantes das agremiações demonstram total confiança nos protocolos sanitários, que ainda vão ser divulgados pelo poder público, para realização dos desfiles.

Veja abaixo algumas informações sobre os trabalhos das 12 escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro.

VIRADOURO – Na atual campeã do Grupo Especial, o diretor de carnaval Alex Fab revela que 75% das fantasias estão prontas, entre alas de comunidade, composições e de grupos coreografado. Sobre o conjunto de alegorias, três em processo de finalização. “Até o fim de janeiro, outras duas devem estar concluídas, restando uma última pra finalização em meados de fevereiro”, garantiu.

GRANDE RIO – Segundo Thiago Monteiro, diretor de carnaval da Grande Rio, o cronograma prevê a finalização de todo o trabalho de alegorias e fantasias na primeira quinzena de fevereiro. “O nosso barracão está a todo vapor. Em termos de fantasias, a Grande Rio está com todas as alas em fase de reprodução há dois meses, com algumas já praticamente prontas. Os carros estão, em sua maioria, na madeira, com dois já na fase de decoração”.

MOCIDADE – A verde e branco de Padre Miguel tem as suas alegorias com todas as madeiras colocadas, estrutura de ferro e mecânica revisadas, e iniciou a decoração de duas de suas alegorias. A produção de fantasias também está bem avançada.

BEIJA-FLOR – O diretor de carnaval da Beija-Flor, Dudu Azevedo, revelou que pelo menos dez alas já estão totalmente prontas. Ele ressalta que só foi possível fazer isso devido ao planejamento e responsabilidade fiscal da azul e branco de Nilópolis. “Estamos finalizando agora a segunda remessa, e já em andamento para a terceira. As composições de carros alegóricos, os protótipos, já estamos com os materiais dentro do barracão e iniciamos a produção agora na primeira semana de janeiro. Vamos desfilar com sete carros alegóricos, desses apenas um ainda tem parte de serralheria para ser feita, os outros estão com os ferros ok, a carpintaria já está no quinto carro e temos dois ainda em decoração”.

SALGUEIRO – O trabalho segue no ritmo forte. “Nossas fantasias estão em fase de reprodução e o ritmo do barracão é intenso. Temos uma equipe que trabalha criando soluções para que o projeto do nosso carnavalesco vá para a Avenida da maneira que ele idealizou”, disse Alexandre Couto.

MANGUEIRA – A previsão da Mangueira é começar o adereço geral este mês. O trabalho de ferragem e carpintaria está em em andamento e as fantasias em fase de costura.

PORTELA – O vice-presidente da Portela, Fábio Pavão, contou como está o trabalho na maior campeã do carnaval. “Temos aproximadamente 150 pessoas trabalhando no barracão em várias frentes de trabalho. Estamos muito perto de finalizarmos o trabalho de ferragem, escultura e madeira, falta apenas um tripé. Estamos avançando na decoração dos carros. O processo de fantasias também está adiantado, temos prontas. O ritmo de trabalho é bom e o cronograma até o momento é confortável”.

VILA ISABEL – Na Vila Isabel, o processo também segue adiantado. “Estamos com o cronograma em dia. Estamos com 80% da parte estrutural (ferro, madeira e escultura) das alegorias concluídas. As outras estão em fase de pintura de arte e adereço. Em fantasias, a gente executa o projeto desde outubro e a tendência é terminar tudo até primeira semana de fevereiro”, afirmou Moisés Carvalho, diretor de carnaval da Vila Isabel.

UNIDOS DA TIJUCA – A Unidos da Tijuca informou que todas fantasias estão em fase de reprodução e um carro já entrou na fase de decoração.

SÃO CLEMENTE – Carnavalesco da São Clemente, Tiago Martins, ressaltou a felicidade de poder estar no barracão trabalho. “Estamos a todo vapor. Alegorias na fase de decoração. Será um carnaval a altura do nosso homenageado (Paulo Gustavo)”.

TUIUTI – Com o carnavalesco Paulo Barros no comando da produção do desfile, o Paraíso do Tuiuti é uma das escolas mais organizadas da Cidade do Samba. “Faltando menos de dois meses para o carnaval, o cronograma do Paraíso do Tuiuti está rigorosamente em dia. Estamos já com todos os carros na madeira, e em processo de decoração. Todas as nossas fantasias estão na fase de reprodução, e algumas prontas para serem entregues. Graças a Deus, conseguimos encontrar no mercado o material necessário para todo o processo criativo do Paulo (Barros, carnavalesco). Ele está trazendo soluções inteligentes e diferentes que estão fazendo a diferença. Vamos desfilar de forma impecável!”, disse o presidente Renato Thor.

IMPERATRIZ – De volta ao Grupo Especial, a Imperatriz está com a maior parte do seu conjunto de carros alegóricos na fase de decoraão. Com relação as fantasias já existem alas sendo ensacadas e outras em reprodução. “Caminhamos para a finalização do nosso carnaval. Já temos fantasias prontas, carros em fase final de decoração, acreditamos que até final de janeiro tenhamos todo o carnaval pronto. Os trabalhos no barracão estão indo muito bem, acredito num carnaval competitivo. A Imperatriz vai fazer a maior abertura da história do carnaval”, prometeu a presidente Cátia Drumond.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.