Uma história de amor não tem ponto final. Após o histórico desfile na Série A e o acesso para o Grupo Especial, a Imperatriz Leopoldinense pode realizar mais um sonho dos gresilenses. A direção da escola está conversando com a carnavalesca Rosa Magalhães e existe a possibilidade da artista voltar a assinar o desfile da verde e branco da Leopoldina. Nos bastidores da escola é grande o desejo pelo retorno. Outros nomes são especulados como Cahê Rodrigues e João Vitor.

A direção ainda faz mistério sobre quem será o artista responsável pelo desfile de 2021. Por outro lado, a Estácio de Sá já conversa com alguns nomes para o lugar de Rosa, entre eles, João Vitor, responsável pelo desfile do Paraíso do Tuiuti em 2020.

Está confirmado na Imperatriz a renovação de mestre Lolo para bateria, além do casal Estrela do Carnaval, Thiaguinho e Rafaela, do diretor Marco Aurélio Fernandes, dos diretores de harmonia Jorge Arthur e André Bonatte e dos cantores Preto Jóia e Arthur Franco.

Último título da Imperatriz foi com Rosa Magalhães

Rosa Magalhães foi pentacampeã do Grupo Especial na Imperatriz Leopoldinense. Ela conquistou os títulos em 1994, 1995, 1999, 2000 e 2001. Aliás, o último título da escola na elite do carnaval foi justamente em 2001. O último trabalho da artista na escola foi no ano de 2009.

Em 2020, Rosa Magalhães foi a responsável pelo desfile da Estácio de Sá. A escola fez um grande e surpreendente apresentação na abertura do Grupo Especial, mas acabou rebaixada, embora, o trabalho da professora Rosa tenha sido muito elogiado.

 

Comentários