Deu DNA! O desfile de 2004, da Unidos da Tijuca, “O sonho da criação e a criação do sonho. A arte da ciência no tempo do impossível”, do inesquecível carro do DNA, venceu a série “Duelo dos Desfiles” e bateu por 54,5% a 45,5% o desfile de 2004 “Entrou por um lado, saiu pelo outro… Quem quiser que invente outro!”.

Unidos da Tijuca 2004 (Por Winnie Delmar): “O desfile da escola Unidos da Tijuca é inesquecível, porque foi início de uma nova era para o carnaval do Rio de Janeiro. A escola apostou em Paulo Barros, um jovem carnavalesco, com suas ideias criativas e baratas, levou a escola do Borel para um desfile que ficaria marcado na sua história. Impossível sair da minha memória a alegoria chamada “Criação da vida” , que ficou popularmente conhecida como o carro do “DNA”, que jamais será esquecido no carnaval carioca. A escola do Borel cravou o segundo lugar naquele ano, e desde de seu campeonato em 1936, não havia tido uma grande conquista como está. A partir deste desfile de 2004, os anos seguintes a Unidos da Tijuca viveu momentos de glória em seu casamento com Paulo Barros. O casal de mestre-sala e porta-bandeira, Rogeirinho e Lucinha, vieo com uma indumentária deslumbrante, um bailado impecável garantindo a nota máxima. O samba rendeu na voz do intérprete Wantuir, junto com os componentes, a escola mostrou força e chão. Nunca sairá da minha cabeça aquele espetáculo apresentado pela Unidos da Tijuca em 2004. É o meu carnaval inesquecível da escola do Borel”.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui