Em uma ação inédita, a Imperatriz Leopoldinense apresentou seu projeto para o Carnaval de 2022, em uma coletiva de imprensa, na noite desta sexta-feira, feita de forma virtual pela TV Imperatriz, projetando não apenas o desfile, mas também os projetos para áreas sociais, digitais e o programa de sócio-torcedor da verde e branco de Ramos. A escola anunciou também que Bruno Ribas chega para formar o trio de intérpretes com Arthur Franco e Preto Joia. Wagner Araújo, que por anos foi diretor da agremiação, não foi anunciando como integrante da equipe para o próximo desfile.

“Estamos reunidos para falar do futuro e de esperança projetando o próximo carnaval. Vamos viver um novo mundo digital na Imperatriz. Teremos o portal Leopoldinense, a boutique online. Tivemos um avanço imenso na área digital. Nosso ensaio vai passar para sexta, como foi pedido por todos”, disse a presidente Cátia Drumond.

Após os discursos iniciais, o casal Thiaguinho e Rafaela dançou com a nova bandeira da escola. Agora, o pavilhão Leopoldinense leva as iniciais L.P.D em referência ao ex-presidente Luiz Pacheco Drumond, que faleceu no ano passado.

“A homenagem na bandeira para o Luizinho Drumond, meu pai, com as iniciais LPD é o momento mais emocionante para toda família Imperatriz e espero que sua força continue a nos conduzir rumo ao sucesso”, afirmou Cátia Drumond.

A escola apresentou também seu novo brazão. Assim, a verde e branco unificou sua identidade visual.

“O dia é um marco para um novo rumo da Imperatriz. Precisa de uma nova cara, um novo rosto. Foi um trabalho democrático dentro da escola. Todo mundo deu sua opinião e conseguimos alcançar um rosto final que sintetiza tudo de bom que ocorreu no passado, remetendo glórias e títulos, mas que também vai mostrar um cara moderna e nova, o que a Imperatriz quer para o futuro”, disse João Felipe Drumond, membro da diretoria executiva.

Em maio, a escola abrirá inscrições para suas alas da comunidade. Será feita uma segunda chamada para quem desfilou em 2020. O processo será virtual e o componente poderá ficar de casa, mas passando a pandemia também será aberta a possibilidade presencial. Todo componente gresilense da ala da comunidade terá sua carteirinha digital.

“O acolhimento ao componente é muito bacana. Para 2022, nós estamos com planejando bem detalhado, a nossa carnavalesca está desenhando, o roteiro já foi aprovado”, explicou Marquinhos Fernandes, diretor de carnaval.

Ações sociais durante o ano inteiro

João Felipe Drumond anunciou um programa de entrega de cestas básicas para os segmentos da verde e branco.

“A gente trabalha o ano inteiro para o desfile, mas não podemos esquecer das pessoas que tornam o sonho da avenida possível. É o nosso povo. Todos os segmentos da escola vão ser abraçados no nosso programa de cestas básicas. Será mensal. Cada mês teremos um segmento atendido. Também estamos abraçando nossos funcionários do barracão”.

Segundo João Felipe, a escola também fará outras ações sociais com sua comunidade.

“No mês de abril, se a pandemia permitir, vamos lançar um curso introdutório da casal de mestre-sala e porta-bandeira. “Vamos abraçar os jovens e colher os frutos lá na frente. Também formulamos um projeto para que os jovens iniciem na nossa bateria e está previsto para começar no mês de junho. Pretendemos lançar também um calendário social com ações durante o ano inteiro, como atividades na Páscoa, Dia da Consciência Negra, Dia do Samba, Natal e outros”.

Fora dos ensaios tradicionais, a Imperatriz terá o Botequim da Coroa, que pretende chamar os segmentos da escola para relembrar sambas antigos, inclusive, convidando outros sambistas.

“A ideia do Botequim é também para deixar o carnaval vivo”, comentou o vice-presidente Vinicius Drumond.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.