Por Thaise Lima

Neste domingo termina a maratona de ensaios técnicos do Grupo Especial para o Carnaval 2019. Além dos treinos de duas escolas, terá a passagem de som e iluminação, e a tradicional lavagem na Marquês de Sapucaí (prevista para começar às 19h30). A primeira escola a se apresentar às 21h será o Paraíso do Tuiuti. A vice-campeã de 2018 conta com enredo sobre o Bode de Ioiô e as histórias que o cercam no Ceará. A Beija-Flor, campeã de 2018, fecha com chave de ouro às 22h e apresenta a homenagem aos seus 70 anos.

“Não vamos mostrar a coreografia 100%, mas boa parte dela. A Beija-Flor vai fazer um grande ensaio técnico e, principalmente, um desfile glorioso para coroar comemorar e contemplar seus 70 anos de idade. É hora de brincar um pouquinho de coisa séria, por
que é um treino não valendo, mas é sério. Você pode interagir um pouco mais com o público não esquecendo da responsabilidade. É tão bom ver aquele povo que não tem como pagar uma frisa, o ingresso de um camarote ou uma arquibancada no dia do desfile assistindo um pouquinho do que nós temos para oferecer, da nossa história, do nosso trabalho”, disse Selminha Sorriso, porta-bandeira da Beija-Flor.

Para o Tuiuti, o momento é histórico. A escola pisará no Sambódromo vice-campeã do Grupo Especial.

“Vamos levar o componente para o “campo de jogo”, para que ele já comece a respirar, se ambientar, sentir os efeitos do carnaval. Nossa ideia é ter o máximo possível de componentes, acreditamos que algo em torno de 90 a 95% do contingente que levaremos para o desfile oficial. A expectativa é a melhor possível, ainda mais tratando-se de um dia onde poderemos testar o som oficial da Avenida, o efeito que ele produzirá entre o carro de som e os componentes, a luz e etc. É uma oportunidade excelente”, diz Rodrigo Soares, membro da comissão de carnaval do Paraíso do Tuiuti.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui