A Unidos da Tijuca entrou com um recurso na Liesa antes do início da apuração que vai definir a campeã do Grupo Especial nesta quarta-feira de cinzas. O motivo seria uma provável punição à escola devido ao número de tripés utilizados no desfile.

Segundo o regulamento do Grupo Especial, cada escola pode levar até 3 tripés. Ainda de acordo com o texto são considerados tripés qualquer estrutura com rodas em contato direto com o chão e com até duas pessoas sobre eles. A punição para o extrapolo é um décimo, de acordo com o regulamento.

A Tijuca alega que não haviam mais de duas pessoas sobre os elementos, o que não configura em tripés. No desfile da escola eram nove elementos. Por isso o presidente Fernando Horta acionou o departamento jurídico da escola para entrar com o recurso.

No início da apuração serão lidas as eventuais punições verificadas por uma comissão de obrigatoriedades.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui