Compositores: Marcio André, Domenil, Marcelinho Santos, Mingauzinho Katar, Gigi Da Estiva, Juninho Bacalha, Yago Pontes Martins, Vaguinho Rapha S.P

Toca o Adjá que eu vou louvar
Agô meu Iroko, Axé meu Orixá
No tronco da Gameleira vem
O Boi Vermelho da Vila Vintém

Sou eu, sou eu
Que no bailar do vento ouviu o tempo
Semente do Ayê Raíz da vida
Mantenho ligados o Ayê e o Orun
Ao Pai dos Sagrados Olorun
Com a força dos seus ancestrais
Que transformou em rituais nossa devoção
O povo de santo vem se ajoelhar
E bate cabeça pra te receber
É tempo de Xirê, é tempo de Xirê

Ê baiana entra na Gira
Me arrepia o canto das Yauôs
Meus Ogans Guerreiros anunciam
A Unidos de Padre Miguel meu grande amor

Ê Iroko ê, Ê Iroko á
Generoso é paixão do coração de Iewá
Erô Iroko Kissilé

A esperança no Arco Íris de Oxumarê
Planta justiça acolhe aflição
Cura feridas é Guardião
Conduz o tempo o espaço
É regente do destino
Tempo Senhor, Tempo Menino
A fé rompe fronteiras nos seus galhos
Trago o meu Ojá para abraçá-lo

Comentários