A Unidos de Padre Miguel faz no sábado, a partir das 18h, a sua escolha do samba-enredo para o próximo carnaval. Cinco obras estão na disputa. A transmissão será online. O site CARNAVALESCO, como sempre, publica matérias com todas parcerias finalistas.

Claudio Russo, que está com W Correa, Lequinho, Fadico, Carlinhos Do Mercadinho, Orlando Ambrósio, Toninho Do Trailer, Cabeça Do Ajax, falou sobre o samba-enredo feito com os amigos e o modelo de live adotado pela UPM.

“A gente tem melodia bem sinuosa. Nada foi colocado em vão na letra. Tudo foi feito com propósito. O ponto forte é a preparação para o refrão final. Tenho recebido mensagens do Brasil todo e até da Argentina falando que ficaram arrepiados com a parte ‘Ogum é o aço, Éxú movimento/Oxóssi a mata, Xangô julgamento/Iroko é o tempo do amargo e do mel/Chegou a hora de Padre Miguel'”.

Claudio Russo elogiou a iniciativa da disputa divulgada no ambiente digital.

“É a melhor avaliação possível do modelo da UPM. Organização inquestionável. Foi um modelo novo e não gerou qualquer problema. Quem fica em casa fala as melhores coisas. Veio para ficar mesmo no período pós-pandemia”.

O compositor também revelou qual é o sentimento que terá se sua parceria vencer o concurso.

“É a consagração de um sonho. De uma luta. Em um período tão difícil da humanidade. Um enredo tão marcante e necessário. A nossa parceria se identificou muito com esse samba. Tivemos momentos lindos e marcantes na escola, mas esse é muito especial”.

Comentários