O vereador Marcello Siciliano (PHS) apresentou um Projeto de Lei, na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, para que a Cidade do Samba, que abriga os barracões das escolas de samba do Grupo Especial, mude o nome de Joãosinho Trinta para Luiz Pacheco Drumond, o Luizinho Drumond, ex-presidente da Imperatriz Leopoldinense, que faleceu no dia 1 de julho.

“Sua atuação no carnaval do Rio de Janeiro contribuiu para que a festa popular se transforma-se na maior manifestação cultural do mundo, contribuído como incentivadora do turismo brasileiro. Por esta razões apresento este projeto, para homenagear o grande incentivar do nosso carnaval”, informa a justificativa feita pelo vereador.

Agora, o Projeto de Lei vai para análises de dois comissões: Comissão de Justiça e Redação e a Comissão de Educação.

A Cidade do Samba, localizada na Gamboa, Centro do Rio, foi inaugurada no dia 4 de fevereiro de 2006, durante a prefeitura de Cesar Maia. Em 2011, na gestão Eduardo Paes, a Cidade do Samba ganhou um novo nome. Passou a se chamar Cidade do Samba Joãosinho Trinta, em homenagem ao carnavalesco que faleceu no mesmo ano.

Comentários