A Unidos de Vila Isabel perdeu o baluarte Jaiminho, vítima da Covid-19, que durante anos foi diretor de harmonia da azul e branco. A escola se pronunciou em suas redes sociais. No comando da harmonia, ele trabalhou de 1988 até 1998, voltando para fazer o Carnaval de 2002.

“Sou da Vila não tem jeito… A diretoria da Unidos de Vila Isabel lamenta profundamente o falecimento do nosso poeta e baluarte JAIMINHO, que tanto honrou e engrandeceu a nossa escola. Seu legado será imortal. Nossa última e respeitosa homenagem. A Vila está de luto”, informou post da Vila Isabel.

Jaiminho era avô de Dandara Oliveira, musa da Vila Isabel. Ela prestou uma homenagem ao parente.

“Obrigada por tudo meu guerreiro.Vc era muito mais que avó era meu herói meu ídolo, sempre me apoiou em tudo que sonhei e quis para minha vida. Graças a Deus vc estava aqui para vê a sua pequena se tornando Rainha de Bateria. Era sempre o primeiro a me incentivar em tudo, vc quer?vc pode! Difícil é fazer o fácil! Seja sempre a melhor para que ninguém fale q vc não é capaz. Meu velho que saudade vc vai deixar descanse em paz te amo hj te amarei amanhã e para sempre seu legado de amor ao próximo jamais será esquecido”.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui