Compositores: Patrick Barbosa, Nk D’souza, Emerson Carmo, Marvyn Siqueira, Favio Sanches, Enio Alves, Felipe Carioca, Ricardinho Argentino, Nanda Sodré, Carla Kakau

ORA IÊ IÊ Ô! OXUM JÁ DERRAMOU
LAVA MINHA’LMA. VIRADOURO!
DE ITAPUÃ, UM CANTO ECOOU
DESÁGUA DAS MÃOS TEU AMOR!

MARIA, A NEGRA, COR PINTAVA A LIBERDADE
PULSAVA O PEITO, ABERTO DE ALFORRIA
XINDÓ, A DESAGUAR ESSA SAUDADE
LAVA, MAMÃE! NA RIBEIRA DESSA VIDA
E PAPAI JÁ FOI PRA LIDA, JOGA A REDE EM ALTO-MAR
VARAIS DE SONHO, NA RIQUEZA DESSA GENTE
DOCE ÁGUA DO AFLUENTE
LEVA MEU ABAETÉ, ATÉ A RAINHA DO MAR

FIO DE CONTAS, PERFUMA O AR COM O DENDÊ!
NOSSA SENHORA, LÁ VAI ERÊ!
MALÉS, CHEGANÇAS
ILÊ, O TOQUE DO TAMBOR
UNINDO ORUN E AYÊ!

OS PÉS CANSADOS, CALÇADOS DE LIBERDADE
NA MARÉ BAIXA RUMARAM A SÃO SALVADOR
CORAÇÃO DE LAVADEIRA, OUVE O CANTO DA SEREIA, ODOYÁ
SOB A SOMBRA DA AROEIRA, REFÚGIO PRA DESCANSAR
KAÔ, MEU PROTETOR, KAÔ!
NAS LADEIRAS DESSA LUTA, OS LOUVORES DE AXÉ
BRASILEIRA, GANHADEIRA DAS BATALHAS
NO PEITO COLARES ENFEITAM A FÉ
DE FATO O RETRATO UM BRASIL QUE SE CHAMA MULHER!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui