A Mocidade Alegre anunciou o enredo para o carnaval 2023. “Yasuke” é o tema do desfile, que será desenvolvido pelo carnavalesco Jorge Silveira, estreante na escola.

“Eu queria agradecer muito por esse presente para minha, para sua e para nossa Mocidade Alegre. Muito obrigado, Jorge, de coração. Quando a coisa já nos emociona, vendo tudo isso, porque eu já ouvi, acabo me emocionando novamente. Sensacional. Estou muito feliz, espero que todos vocês tenham gostado, bora trabalhar em prol do carnaval 2023 firmes no propósito, porque vocês já sabem. A vitória vem da luta, a luta vem da força e a força da união. Juntos, a gente vai fazer esse diferencial e conta com cada um de vocês”, disse a presidente da agremiação, Solange Cruz.

“Japão e África são duas culturas de riqueza ancestral imensa. São culturas que carregam por si só, sabedoria. Foram construídas ao longo do tempo baseadas na sabedoria. Todas as duas cultuas tem uma riqueza estética incrível. Se expressam fortemente através da plasticidade. Então, para carnaval isso é um prato cheio e a gente vai buscar explorar o máximo possível. Acho que é a primeira vez que a gente vai ver na passarela a junção desses dois universos pensados esteticamente no mesmo carnaval. Acho que esse é o desafio da Mocidade Alegre e a gente chama pro peito, pra responsabilidade e vamos fazer, se Deus quiser, uma grande trajetória”, contou o carnavalesco Jorge Silveira.

Veja o texto publicado pela escola

“O espírito de Yasuke ressurge no corpo de cada jovem preto, assim como aqueles que hoje habitam a cidade de São Paulo, onde negros e asiáticos fazem morada.

A cidade mais japonesa fora do arquipélago oriental é, paradoxalmente, a que também mais mata jovens negros. Por isso, diante de um mundo em que a pele preta assusta, é necessária uma armadura preta, de samurai, semelhante à de Yasuke, para enfrentar as guerrilhas e adversidades cotidianas do mundo contemporâneo. Salve os “Samurais da Quebrada”, determinados em não morrer.

Para o Carnaval de 2023, a Mocidade Alegre usará todo o potencial do sangue guerreiro de seus valentes foliões. Eles, vestidos de suas armaduras-fantasias, enfrentarão mais uma batalha em busca de uma importante vitória: provar que, assim como um dia fez Yasuke, cada jovem preto pode ser o que ele quiser, mesmo que os opressores, o preconceito e a discriminação digam o contrário.

Benditos, louvados sejam aqueles que encaram suas batalhas, independentemente dos temores do combate!”.

Comentários