Desfilando pela segunda vez na Unidos da Ponte, o casal Daniele Nascimento, 40 anos, e Heitor Nascimento, 41, vestia a fantasia “Fernando Pinto e o Ziriguidum pra lá do Século XXI”. Representando uma capacidade de pensar o futuro através do carnaval.

A fantasia era leve, permitindo que o componente brincasse carnaval com facilidade. A leitura clara, remetendo ao estilo desenvolvido por Fernando Pinto no desfile campeão na Mocidade Independente de Padre Miguel, em 1985. Os detalhes futuristas prateados eram homenagem aos artistas que, assim como o consagrado carnavalesco, trataram em suas obras as transformações. O capacete e a saia em forma de nave espacial eram feitos com material simples mas com bom acabamento. Cores cítricas reforçavam as referências ao desfile da escola da Zona Oeste.

Emocionado, Heitor declarou que seu amor pela ponte vem desde a adolescência.

“Estreei na escola no ano passado e agora não deixo mais de desfilar. O amor pela Ponte eu não consigo explicar, é como time de futebol”, explicou o morador da comunidade de São João de Meriti. Sua esposa Daniele ressaltou a leveza e beleza da fantasia.

“Deu pra evoluir muito bem pois a fantasia é bem leve. Nós desfilamos com muita garra”, contou.

 

Comentários