O diretor de marketing da Liesa, Gabriel David, fez algumas publicações neste sábado para esclarecer o que está permitido de comida e bebida que o público possa levar para o Sambódromo, nos ensaios técnicos, que começam com três escolas da Série Ouro. Ele reconheceu que a Liga falhou na comunicação inicial, já que foi bastante reestritiva e causou preocupação nos sambistas.

“A cervejinha para o consumo próprio pode ser levada. O que está proibido é que os ambulantes circulem dentro do Sambódromo vendendo produtos para outras pessoas. Para consumo próprio, tanto bebida, quanto comida, podem ser levadas pelo público. Pequenas quantidades de comida e bebida podem entrar. A gente tinha vários problemas de liberação dos ensaios técnicos (por parte do poder público) por venda de produtos ilegais que aconteciam ali dentro. Lá dentro, a cerveja será R$ 5 e vai ser muito fácil de comprar do que era no passado. Não vamos criar alvoroço em cima disso. Reconheço que a primeira comunicação foi muito reestritiva por parte da Liga. Foi um erro nosso. Existe uma questão de segurança e jurídica que precisamos atender para os ensaios técnicos serem realizados”.

Gabriel David respondeu também e negou a possibilidade de cobrança de entrada para os ensaios técnicos. “Todos os ensaios técnicos são 100% gratuitos. Assim como, a água que será oferecida pela Águas do Rio para o público em todos os setores do Sambódromo. Arquibancadas e frisas são 100% gratuitas em todos os ensaios. A Liga, inclusive, está indo atrás de pessoas que falsamente estão cobrando valores, de forma indevida, e não podem. Não paguem! Os ensaios técnicos tem que ser do povo e de forma acessível. A ideia é que lá dentro seja o mais barato possível, lógico que nem tudo que a gente imagina, conseguimos realizar no primeiro momento. Estamos mudando todo o sistema de bebida e comida no Sambódromo, inclusive, para os desfiles”.

Por fim, Gabriel David falou sobre a iniciativa da Liesa de transmitir ao vivo todos os ensaios técnicos do Grupo Especial pelo YouTube. “As transmissões vão ser ao vivo todos os domingos. Todas escolas daquele. Ainda não consigo fazer para o Grupo de Acesso neste primeiro momento. Estamos utilizando para transmissão o antigo canal da Liesa, que possui 20 mil inscritos, e agora será o Rio Carnaval. O Milton Cunha vai comandar as transmissões”.

Comentários